TURISMO

Turismo: Piauí lançará editais com recursos de R$ 8 milhões

O objetivo é estimular a criação de projetos para investimentos no setor de turismo.

O artesanato é uma das riquezas do Piauí (Foto: Ecícero)

O Piauí recebeu uma série de investimentos em projetos e ações que contribuíram para o desenvolvimento e a potencialização do setor turístico no estado, em 2023. Entre eles, está o programa Piauí Aqui Tem Turismo, lançado em junho, que apresentou o Sistema Estadual de Turismo, englobando uma série de ações importantes como o Sistema de Incentivo Estadual ao Turismo (Sietur).

Com a lei 8.177/23 sancionada, foi instituído o Sistema Estadual de Turismo, com diretrizes que incluem a Política Estadual de Turismo, o Conselho Estadual de Turismo, Governanças Regionais de Turismo e o Observatório da Inteligência Turística do Estado do Piauí.

O secretário do Turismo, Pablo Santos, afirma que essa é uma das maiores conquistas do ano. “O Sietur é semelhante ao Sistema de Incentivo Estadual à Cultura (Siec) e tem o propósito de estimular e desenvolver a criação de projetos de fomento ao setor turístico. Com os primeiros editais previstos para janeiro de 2024, a previsão de investimento a ser realizado é de R$ 6 milhões a 8 milhões, a depender da arrecadação do estado”, comemora o gestor.

Outros dois importantes projetos foram iniciados, como o Plano de Marketing Turístico, que está em desenvolvimento pelas consultoras especializadas Marta Poggi e Gleica Regina Guerra, e o Plano de Sinalização Turística, que foi iniciado com a elaboração de um projeto executivo.

Eventos e patrocínios

O outro foco da Setur em 2023 foi a aproximação com o trade turístico, além da participação nos eventos nacionais e locais. Cerca de 330 eventos foram executados em todo o estado do Piauí, totalizando um investimento de pouco mais de R$ 23 milhões.

Entre os destaques está o tradicional Zé Pereira de Picos, que se mostrou como um importante instrumento de potencialização da economia, cultura e turismo do município e região. E também o Piauí 40 Graus que, durante o período de férias de julho no litoral, oportunizou uma programação completa com festivais musicais, exposição e o lançamento da Trilha das Dunas.

Grandes impactos positivos também estão na concessão de patrocínios por meio da Setur, possibilitando a realização de diversos eventos, feiras, palestras e projetos audiovisuais. As concessões de patrocínios chegaram a mais de R$ 28 milhões, com cerca 84 patrocínios efetivamente concedidos.

Entre esses patrocínios, está o P2 Experience, que ocorreu em junho dentro do popular Festival de Inverno de Pedro II. O projeto destacou as potencialidades da cidade, por meio de feira de artesanato e shows musicais, além de capacitar profissionais do trade turístico, proporcionar passeios ciclísticos pelos atrativos e ofertar serviços informativos.

No âmbito nacional, o destaque vai para participação com a presença de equipes nos estandes montados para receber o público nas feiras da Agência Nacional de Viagens (Abav) e Brazil Travel Market (BTM), realizadas no Rio de Janeiro e Fortaleza, respectivamente.

Um dos compromissos e objetivos do Governo do Estado foi o investimento, por meio da Setur, no artesanato piauiense, que é uma importante fonte de renda para milhares de artesãos. Foram destinados cerca de R$ 2.820.000 para a produção de feiras por todo o Piauí.

Feiras como o “Mulheres do Rio Poty”, o “Mimbó: Artesanato e Resistência Feminina”, o “Projeto Artes e Vida” e o “Artes Mulheres” foram desenvolvidos especialmente para que esses profissionais pudessem comercializar e divulgar seus trabalhos, além de se qualificarem para o mercado.

José Monteiro Neto, diretor de Eventos da Setur, explica que apoiar os eventos do estado geram impactos positivos e resultados imediatos no crescimento do setor. “Ao longo do ano, temos trabalhado integralmente no fortalecimento do turismo, promovendo nossos destinos e produtos, idealizando projetos, e tirando-os do papel. Estamos colhendo bons resultados e, para 2024, a expectativa é de continuarmos crescendo cada vez mais”, finaliza o gestor.

 

Deixe uma resposta