TURISMO

Fluxo turístico de Teresina cresce 30% em relação a 2022

A publicação da Semdec com os números do movimento de turistas na capital traz dados atualizados até outubro deste ano.
Encontro dos rios: um ponto turístico em Teresina (Foto: Edcícero)

Os resultados da atividade turística de Teresina continuam positivos e trazendo entusiasmo para o setor. É o que refletem os dados da Revista de Indicadores Turísticos, uma publicação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), da Prefeitura de Teresina. A revista foi atualizada até outubro de 2023 e traz importantes informações para quem atua no setor turístico.

“A revista é resultado de pesquisas que a Semdec vem fazendo ao longo dos anos e reflete o perfil da atividade turística de Teresina, apresentando seus indicadores estatísticos e os índices de crescimento do setor, especialmente após o difícil período de crise da covid-19”, explicou o secretário Alessandro Dantas.

Nos últimos 10 meses, o fluxo de turistas que se destina a Teresina cresceu 30% em relação ao mesmo período de 2022, refletindo a recuperação do setor após a crise do coronavírus, que derrubou radicalmente as intenções de viagens no mundo inteiro. O fluxo saltou de 376.486 turistas nos 10 primeiros meses de 2022 para 489.552 turistas no mesmo período de 2023. Em relação especificamente ao mês de outubro, o crescimento foi de 24,5%, passando de 37.916 turistas em outubro de 2022 para 47.189 turistas em outubro de 2023.

“Os impactos econômicos chegam através da injeção de moeda nova no mercado de Teresina. No acumulado dos 10 últimos meses, a Receita Turística alcançou R$ 446,3 milhões, contra R$ 262,3 milhões nos 10 primeiros meses de 2022, representando um crescimento de 70,2%”, informou o coordenador de Turismo da Semdec, Eneas Barros.

Além desses dados de fluxo e receita, a Revista de Indicadores Turísticos da SEMDEC traz informações sobre movimentação na Ponte Estaiada, perfil do turista que visita Teresina, uso de agências de viagens e estimativa do ISS Turístico, que representou em 2022 6,1% do ISS Global de Teresina.

Os números divulgados na revista refletem as ações da Semdec, levando o nome de Teresina às feiras nacionais de Turismo. A constatação está em duas pesquisas realizadas por dois grandes sites de busca: a Decolar.com e a Booking.com. A Decolar, que tem sede na Argentina, fez uma pesquisa entre os seus usuários de passagens aéreas e revelou que Teresina está em décimo lugar entre as preferências para viagens no Natal de 2023. Por outro lado, a Booking, que tem sede na Holanda, entrevistou 27.730 usuários de suas acomodações em 33 países e revelou que Teresina está na sexta posição, em relação às tendências de viagens para 2024.

 

Deixe uma resposta