SAÚDE

Prefeitura de Teresina obriga uso de máscara em hospitais

De acordo com os dados divulgados pela prefeitura, 33 pacientes estão internados na capital. O decreto já está em vigor.

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, assinou hoje (27) um decreto que determina que será obrigatório o uso de máscaras em todos os serviços de saúde, ressalvadas as exceções previstas para crianças menores e indivíduos incapazes de manuseá-las adequadamente. Também será obrigatório o uso de máscaras por indivíduos com sintomas da covid-19, teste positivo ou contato recente com indivíduo com a doença.

O Painel Situacional da 51ª semana epidemiológica, emitido pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS-FMS), expõe um aumento de 132% de casos confirmados de covid-19 em Teresina. Com 33 pacientes internados, todos estáveis e, até o momento, nenhum óbito de residentes de Teresina.

As visitas a pacientes hospitalizados nas unidades de saúde municipal serão restringidas a um visitante por dia e a, no máximo, duas horas por dia, respeitando-se a rotina estabelecida pela gestão da unidade.

Está recomendado o uso de máscaras em indivíduos sob maior risco de desenvolver formas graves de covid-19 (idosos, gestantes, puérperas, imunocomprometidos, transplantados e portadores de câncer, acidente vascular cerebral, doença renal crônica, doenças pulmonares crônicas, cardiopatia grave, hepatopatia crônica, diabetes mellitus não controlado e obesidade), bem como em indivíduos com indicação médica de manter o uso ou que, por decisão individual, prefira manter o uso.

O decreto dispõe sobre novas medidas de combate à covid-19 à luz do cenário epidemiológico atual, altera o Decreto 22.200, de 7 de março de 2022, e dá outras providências. Considerando os indicadores epidemiológicos dispostos no Painel Situacional da Covid-19 em Teresina e as recomendações atualizadas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária sobre uso de máscaras em serviços de saúde.

 

Deixe uma resposta