DESTAQUE

Piauí ganha primeira turma preparatória para ITA/IME

Esta é a primeira iniciativa de uma rede estadual de ensino voltada para o ITA. Governador participou da aula inaugural.
Governador participa da aula inaugural das turmas do ITA em Teresina (Foto: Divulgação)

O governador Rafael Fonteles e o secretário da Educação, Washington Bandeira, participaram, nesta terça-feira (6), da aula inaugural da turma ITA/IME, no Ceti Governador Dirceu Mendes Arcoverde, no bairro Morada do Sol, na zona Leste de Teresina. Inédito no Brasil, o projeto irá capacitar, durante os três anos do ensino médio, 80 alunos da rede estadual de ensino que desejam concorrer a uma vaga no vestibular do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), do Instituto Militar de Engenharia (IME) e de cursos de carreiras de Inovação Tecnológica (Impa Tech, FGV e exterior).

A turma ITA/IME será realizada de forma presencial no Ceti Governador Dirceu Mendes e terá como foco o ensino de matemática, química e física, contando com a participação de alguns dos melhores professores no Brasil, especialistas nesses vestibulares. Trata-se do primeiro curso de uma rede estadual no Brasil voltado para esses certames.

Segundo o governador, é uma prioridade da gestão à frente do Governo do Estado que os alunos das escolas estaduais tenham as mesmas oportunidades e qualidade de ensino-aprendizagem que os alunos da rede privada. “Todos sabem que o ITA e o IME têm acesso difícil, grande concorrência e nível de exigência elevado. Então, precisamos preparar os nossos alunos da rede estadual. É uma iniciativa que gera oportunidades para que os jovens do Piauí inteiro possam alcançar sonhos cada vez maiores”, disse Rafael Fonteles.

O secretário da Educação, Washington Bandeira, frisou o pioneirismo do curso e destacou a participação de alunos de 30 municípios piauienses. “São vestibulares complexos, que necessitam de um acompanhamento diferenciado. Diante disso, estamos iniciando esse projeto inédito, com a participação dos melhores professores do país. Dessa forma, o Piauí seguirá sendo um grande celeiro de talentos”, destacou o gestor.

Os alunos receberão material didático, alimentação, fardamento, esporte, monitoria e acompanhamento pedagógico e financeiro. A Seduc oferece, ainda, bolsas mensais com valores entre R$ 500, R$ 1.000 e R$ 1.500 para os alunos com melhores desempenhos, tanto no teste seletivo de ingresso quanto ao longo do curso.

Outro auxílio importante, este no valor de R$ 700, será destinado aos alunos oriundos do interior, para que possam custear as despesas com moradia na capital.

Natural de Cocal dos Alves e primeiro colocado no teste seletivo para ingressar ao curso, o estudante Francisco Yuri, de 14 anos, será um dos beneficiados com as bolsas. “Um auxílio importante, que vai ajudar a me manter em Teresina. Era o incentivo que eu precisava para seguir em busca do meu sonho de ser aprovado nesses vestibulares”, destacou o estudante.

 

Deixe uma resposta