PIAUÍ

Piauí lidera ranking de vacinação no Brasil em 2023

No estado, os índices estão em primeiro lugar em oito imunizantes, conforme dados do Ministério da Saúde.
Índice de vacinação no Piauí passou de 84% (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

O Piauí é destaque nacional e está em primeiro lugar no país em índices de cobertura vacinal de oito imunizantes recomendados pelo Ministério da Saúde no calendário infantil. O resultado foi divulgado nesta terça-feira (19) durante apresentação do Ministério da Saúde sobre dados de vacinação em 2023.

No estado, os índices estão em primeiro lugar em oito imunizantes:  Hepatite A passou de 76,92% para 92,43%; Meningocócica – 1 ano saiu de 86,67% para 93,52%; Pneumo 10 aumentou a cobertura de 86,38% para 93,72%; DTP, de 75,53% para 92,84%; VIP aumentou de 88,17% para 91,05%; VOP passou de 77,67% para 90,10%; Penta subiu de 88,86% para 90,41%; e Hepatite B-6 meses passou de 88,86% para 90,42%.

Em 2023, a cobertura vacinal do estado ficou em 84,53%, sendo superior à média do Brasil que é de 73,93%. Além disso, o Piauí é o segundo lugar do Brasil e primeiro do Nordeste na cobertura das vacinas de febre amarela, tríplice viral D1, rotavírus e meningocócica. Os dados são de janeiro a outubro deste ano.

A Superintendente de Atenção à Saúde e Municípios da Sesapi, Leila Santos, comemora o desempenho do Piauí, sendo o estado que mais vacinou no Brasil. “Este foi o resultado do trabalho desenvolvido pelo Programa Saúde em Dia, o reforço essencial da Carretinha da Saúde e, claro, de todos os municípios que embarcaram com o governo do Piauí nessa missão”, enfatiza.

O secretário de Saúde, Antônio Luiz, também comentou os dados. “Lançamos o Saúde em Dia para aumentar a cobertura vacinal em todo o estado e hoje colhemos o resultado, graças a uma parceria com os municípios”, afirmou.

 

Deixe uma resposta