Piauí inaugura hoje o seu primeiro museu indígena

O primeiro museu dedicado à cultura e ancestralidade dos povos indígenas no Piauí será inaugurado hoje (30) na comunidade Nazaré, em Lagoa de São Francisco, a 208 quilômetros de Teresina.

Os ministros Wellington Dias (Desenvolvimento Social), ex-governador do estado, e Sônia Guajajara (Povos Indígenas) vão participar da solenidade.

O Museu Anízia Maria dos Povos Tabajara e Tapuio-Itamaraty traz registros importantes de povos originários no território piauiense.

Na comunidade Nazaré residem 450 indígenas dos povos Tabajara e Tapuio-Itamaraty.

A construção da sede do museu, com investimento de R$ 739.518,38 do Tesouro Estadual, é simbólica e marca a valorização das etnias e o reflexo da participação delas na cultura piauiense como um todo.

Para o cacique Henrique Manoel, diretor dos Povos Originários da Secretaria da Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos (Sasc), o local é representativo.

“O museu, para nós, é de grande importância porque vai estar guardada nossa história e cultura dos antepassados de todos os povos indígenas do Piauí. Se você quiser fazer uma pesquisa, vai ter foto e nossa história contada. A diretoria do próprio museu vai ter a iniciativa de fazer esse resgate. Terão artefatos, costumes e etnias”, revela o gestor.

O museu tem um espaço de cerca de 380 metros quadrados. O espaço cultural dispõe de área de exposição de artigos e itens da comunidade, sala administrativa, banheiros sociais e quarto de hóspedes.

 

Leia Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Layana
Pousada