GERAL

Piauí é o primeiro lugar no ranking de rodovias em ótimas e boas condições, diz estudo

Os dados são da Confederação Nacional dos Transportes (CNT) e mostram a real situação da malha rodoviária no país inteiro.
A CNT pesquisa a qualidade das estradas no país inteiro (Foto: Divulgação)

O Piauí é o estado do Nordeste que apresenta o maior percentual de trechos de rodovias considerados bons ou ótimos (39,6%), seguido por Alagoas (39%) e Sergipe (35,2%). Os dados foram divulgados pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT) e refletem um levantamento sobre a infraestrutura rodoviária no Brasil.

A CNT analisou 52,2% da malha pavimentada do Brasil, ou seja, 111,5 mil km. No Piauí foram avaliados 525 quilômetros.

“Somos a malha rodoviária número um do Norte e Nordeste em qualidade. E esse resultado positivo de 78,7% das rodovias consideradas regulares, boas ou ótimas se consolida com os dados da pesquisa Atlas que fez uma análise agora em janeiro, em nível estadual. De acordo com esse segundo levantamento, o percentual de satisfação com relação às nossas rodovias aumentou em 2023 para 83%”, comemora o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do Piauí, Leonardo Sobral.

De 2022 para 2023, o Piauí saltou da 5ª para a 1ª posição no ranking de melhores condições rodoviárias da CNT no Nordeste.

“O compromisso e esforço dessa gestão permitiu a consolidação desse feito histórico”, acrescenta o gestor. E para esse ano de 2024 as frentes de serviços seguem em andamento. “Já temos um planejamento de quais rodovias irão ser objeto de intervenção por parte do governo do estado através do DER-PI, dentro do Programa Estradas Seguras”, frisa Leonardo Sobral.

Sobre a pesquisa

A metodologia utilizada em 2023 constituiu-se em inspeções realizadas por pesquisadores no deslocamento ao longo das rodovias, trafegando à velocidade de 60 km por hora. 20 equipes participaram, saindo de 12 capitais e percorrendo 111,5 mil quilômetros em 32 dias. Os dados foram obtidos por meio de análise visual, captação de imagem em vídeos e mapeamentos prévios em escritório.

As variáveis analisadas pela pesquisa foram pavimento, sinalização, geometria da via e pontos críticos.

CCom

 

Deixe uma resposta