DESTAQUE

Governo do Piauí destaca avanços no combate ao crime e traça metas para 2024

Rafael Fonteles participou de reunião com a cúpula da Segurança Pública para avaliar os dados de 2023 e planejar as ações para este ano.
Governador do Piauí, Rafael Fonteles (Foto: Divulgação)

O governador do Piauí, Rafael Fonteles, comandou nesta sexta-feira (26) uma reunião para avaliar os resultados da Segurança Pública no ano passado, bem como planejar as metas e estratégias para 2024. Estiveram presentes na reunião, o secretário da Segurança Pública, Chico Luca; o comandante-geral da Polícia Militar, Scheiwann Lopes; o delegado-geral, Luccy Keiko; além dos comandantes de unidades, de   grandes comandos e delegados seccionais das Polícias Militar e Civil.

Durante o encontro, o chefe do executivo destacou a redução efetiva de homicídios, de roubo e de furtos. “Muito positivo esse encontro para apresentarmos um balanço do que alcançamos em termos de melhoria da segurança pública em 2023. São números importantes de redução efetiva de homicídios, de roubo e de furtos, que é o que importa para a população. Então, todas as medidas e investimentos que estamos fazendo em efetivos, equipamentos e integração são exatamente para alcançarmos o resultado que a população espera, a redução da violência”, afirmou Rafael Fonteles.

O governador ainda destacou que essa redução está se mantendo no início de 2024. “Estamos ainda mais otimistas com o desempenho de nossas forças de segurança para 2024. O início do ano já demonstra uma redução nos homicídios e nos roubos e furtos e esperamos que isso aconteça durante o ano inteiro para cada vez mais nossa população viver em um lugar seguro, tranquilo e com a garantia da paz social”.

O secretário da Segurança Pública, Chico Lucas, ressaltou que ainda há muito o que fazer na área. “Os números melhoraram, a recuperação de celulares foi uma das marcas de 2023, mas eles estão muito longe da expectativa e da determinação do governador. Então, a gente fez uma reunião para discutir o planejamento para 2024, focando os crimes violentos contra a vida e os crimes patrimoniais. Eu acho que é isso que a população espera que a gente combata as organizações criminosas, os homicídios e, principalmente, o roubo e furto de veículos e celulares”, explicou Chico Lucas.

Sobre as ações da Segurança Pública para 2024, o governador Rafael Fonteles, ressaltou ainda a importância das reuniões, devido ao número de servidores envolvidos nas atividades. “As áreas de Segurança, Saúde e Educação são as mais capilarizadas, que têm maiores orçamentos, que estão presentes em todos os municípios e eu tenho procurando me aproximar muito desses gestores regionais para que a gente possa fortalecer os conceitos, as metas e os valores que os nossos secretários já estabelecem cotidianamente com essas equipes”, finalizou o chefe do executivo.

 

Deixe uma resposta