PIAUÍ

Governo do Piauí cria nove delegacias para combater facções criminosas

Além das delegacias, será assinada a criação de um departamento de combate às facções criminosas e de um núcleo de repressão a roubos e furtos de celulares.
Polícia vai reforçar combate às facções criminosas e rouba de celular (Foto: Divulgação)

O governo do Piauí realizará às 11h desta sexta-feira (3), no Palácio de Karnak, a solenidade de assinatura de decretos para criação de nove delegacias especializadas no combate às facções criminosas, além do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (Draco) e do Núcleo de Apoio à Repressão de Roubos e Furtos de Aparelhos Eletrônicos (Narff).

Quatro destas delegacias ficarão em Teresina. Para receber uma especializada, a Secretaria Estadual de Segurança Pública escolheu os municípios de Parnaíba, Picos, Piripiri, Floriano e Bom Jesus.

“A escolha desses municípios tem como base as estatísticas, que apontam eles como os de maior reincidência de casos e demandas. Mas a atuação se estende para todos os outros municípios também”, disse o secretário Chico Lucas.

Já o Draco surge a partir da necessidade de uma unidade na estrutura organizacional da Polícia Civil do Piauí especializada no enfrentamento às organizações criminosas habituadas na prática de infrações penais violentas. Também funcionará em Teresina.

“O objetivo é reprimir e investigar, especialmente, crimes de lavagem de dinheiro, de extorsão mediante sequestro, de furto ou de arrombamento a caixas eletrônicos, de roubo a bancos, instituições financeiras e de transportes de valores, quando demandem investigação especializada ou decorrente da ação de associações ou organizações criminosas”, disse o secretário de Segurança.

O Narff, por outro lado, deve sua criação ao elevado número de ocorrências relacionadas a roubos e furtos de aparelhos celulares, e a consequente necessidade de fomentar ações que promovam a repressão qualificada desse tipo de crime na capital.

“A ideia do núcleo é prestar auxílio às investigações das delegacias de Polícia e/ou realizar diligências preliminares, por determinação do delegado-geral, para recuperar celulares furtados e roubados”, destacou Chico Lucas.

Ainda na sexta-feira será realizada a solenidade de formatura dos alunos do curso de Formação de Delegados. Além disso, o governador Rafael Fonteles irá autorizar a nomeação de novos delegados, que estão finalizando o curso de formação para assumir unidades desguarnecidas.

“Temos trabalhado incansavelmente na prisão de criminosos e na apreensão de armas de fogo. Em fevereiro, tivemos redução em 25% no número de mortes violentas intencionais (MVI) no Estado. Mas é claro que a nossa meta não é apenas diminuir, e sim erradicar. Estamos engajados em fazer o melhor trabalho possível para levar segurança e paz aos piauienses”, finalizou o secretário.

CCom

 

Deixe uma resposta