MARANHÃO

Carnaval do Maranhão: Público lota a Litorânea

As apresentações dos cantores Zé Vaqueiro e Gusttavo Lima contagiaram o público e marcaram a primeira noite do carnaval maranhense.
Carnaval na Avenida Litorânea, em São Luís (Foto: Fernando dos Anjos)

Com mais de cinco horas de shows e muita energia, a primeira noite do Carnaval do Maranhão 2024 reuniu 500 mil pessoas no circuito Litorânea, em São Luís, durante a sexta-feira (9), conforme estimativa realizada pela Polícia Militar. As apresentações dos cantores Zé Vaqueiro e Gusttavo Lima contagiaram o público e marcaram a abertura do carnaval maranhense.

O governador Carlos Brandão e a primeira-dama Larissa Brandão também prestigiaram a festa no circuito. “Estamos vendo o povo feliz, brincando com segurança e acima de tudo [o Carnaval] gerando muito emprego e renda. Reunimos 192 atrações incluindo Pré-Carnaval e Carnaval, e para os cinco dias oficiais da festa, são 16 atrações nacionais pagas pela iniciativa privada e mais 51 atrações locais, contemplando todos os segmentos da sociedade”, comentou o governador.

Brandão conversou com a população e, também, visitou os camarotes que são uma novidade do Carnaval deste ano. Os espaços são comercializados pela iniciativa privada e 25% do lucro líquido será destinado para aquisição de equipamentos para a Policlínica de São José de Ribamar. Essa estratégia é um projeto liderado pela Maranhão Parcerias (Mapa) e já é usada em cidades como Olinda (PE), Salvador (BA) e Rio de Janeiro (RJ).

Nos próximos dias do Carnaval, as apresentações no circuito Litorânea começam pela manhã, às 11h, seguindo até o fim da tarde. No circuito Beira-Mar, as apresentações começam durante a tarde, às 15h, seguindo até depois da meia-noite. A programação do Carnaval do Maranhão 2024 está disponível nas redes sociais do governo do Maranhão e da Secretaria Estadual da Cultura.

Carnaval na Avenida Litorânea, em São Luís (Foto: Fernando dos Anjos)
Carnaval na Avenida Litorânea, em São Luís (Foto: Fernando dos Anjos)
Carnaval na Avenida Litorânea, em São Luís (Foto: Fernando dos Anjos)

 

Deixe uma resposta