GERAL

Feirinha Verde encerra temporada de 2023 e só retorna em fevereiro

Exposição de produtos variados acontece durante todo o ano no Espaço Rosa dos Ventos, no campus da UFPI, em Teresina.
Feirinha Verde, no campus da UFPI (Foto: Edcícero)

A Feirinha Verde encerrou a temporada de 2023 no último domingo (17). Criado em 2021, o projeto acontece no Espaço Rosa dos Ventos, no Campus da Universidade Federal do Piauí (UFPI), na zona Leste de Teresina, com a exposição e venda de produtos agrícolas e artesanais, sempre das 8h às 13h. A feira retorna em fevereiro de 2024, provavelmente com eventos semanais.

Um dos destaques da feirinha foi o projeto Quitanda da Agricultura Familiar, uma iniciativa da Secretaria da Agricultura Familiar (SAF), que visa valorizar o trabalho dos agricultores familiares, responsáveis pela produção de alimentos saudáveis.

Para a agricultora Raimunda Aguiar, da comunidade Serra do Gavião, o projeto Quitanda trouxe mais estímulo para produzir. “Por meio desse projeto eu estou entrando nas feiras, antes o que era produzido ficava lá, mas agora tenho espaço para vender e, assim, aumentar a minha renda”, disse.

Quitanda da Agricultura Familiar (Foto: Divulgação)

A agricultora Adriane Frota, da Coorios, conta que a Quitanda faz muita diferença no aumento da renda dos agricultores, que além de abrir para as vendas também promove a troca de experiências. “Além do aumento de renda, a Quitanda proporcionou também uma visão maior para nós, abriu mais espaço, e se tem venda, a gente cria mais aquele estímulo de produzir mais variedade e de estar em toda a feira levando uma novidade”, afirmou.

Em 2023, foram realizadas mais de 110 feiras do projeto Quitanda da Agricultura Familiar, com mais de 30 grupos produtivos de Teresina e região, a estimativa é que cada produtor vende em média 600 reais por feira. Além de participar da Feirinha Verde, o projeto Quitanda se divide em outros eixos de atuação: Quitanda nos Condomínios, Quitanda Super e Quitanda nas Empresas.

 

Deixe uma resposta