Começam estudos para rebaixamento da Avenida Miguel Rosa

A obra será realizada na altura do cruzamento com a Frei Serafim, no Centro de Teresina, um local de grande fluxo de veículos.
Estudo para o rebaixamento da avenida Miguel Rosa. (Foto: Ascom/Semplan)

A Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação iniciou na tarde deste sábado (6) os trabalhos de campo para complementação do projeto de rebaixamento da avenida Miguel Rosa, no cruzamento com a avenida Frei Serafim, no Centro de Teresina.

As atividades incluem a execução do serviço de sondagem em quatro pontos do cruzamento. As equipes fazem a perfuração do solo e continuarão os trabalhos de topografia, além do levantamento topográfico realizado com drones, que possibilita o mapeamento de grandes áreas em curto espaço de tempo.

O projeto de rebaixamento da avenida Miguel Rosa é uma obra necessária para desafogar o trânsito da região e melhorar as questões de mobilidade. Entre outros benefícios, o projeto contará com uma integração com o patrimônio histórico; otimização da segurança no trânsito; atratividade para pedestres e ciclistas, bem como melhorias de acessibilidade na área.

“Hoje nós podemos dizer que é um dia histórico. É um projeto discutido ainda na campanha do prefeito Dr Pessoa e que hoje damos o pontapé inicial com a sondagem do solo para avaliarmos o que tem aqui embaixo. Estamos trabalhando para que esse projeto seja licitado e começado o mais breve possível”, explicou João Henrique Sousa, secretário de Planejamento.

Esse trabalho é acompanhado pela Semplan, e será uma execução da Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas (Saad) Centro. É um projeto em desenvolvimento para posterior licitação.

O trabalho de sondagem é realizado por uma empresa contratada. E é acompanhado pela equipe de engenheiros da Semplan, e do superintende de ações Administrativas Descentralizadas (Saad) Centro, Roncali Filho.

Ainda na noite de sexta feira (5) foram feitas as marcações de solo para que a sondagem pudesse ser realizada de forma mais assertiva.

Para que o trabalho de sondagem e análise do solo seja completo, a Prefeitura conta também com o apoio da Águas de Teresina no acompanhamento das tubulações de água e esgoto da área e de empresas de fibra óptica com rede na região. Além disso, contará com a atuação das equipes da Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano (ETURB), para recuperação asfáltica dos trechos, logo após o término dos trabalhos.

Ainda esta semana, na quinta-feira (04), o prefeito Dr Pessoa assinou contrato para operação de crédito junto ao Banco do Brasil (BB) no valor de R$ 500 milhões. Os recursos serão investidos em ações de diversas áreas da administração, como infraestrutura, saneamento básico, drenagem e mobilidade urbana. O empréstimo será usado pelo programa “Cidade Integrada com o Povo”. Sobre as obras incluídas nesse pacote de recursos está o rebaixamento da Miguel Rosa.

Interdição

Das 14h às 19h, deste sábado (6), o trecho da avenida Miguel Rosa, no cruzamento com a avenida Frei Serafim, na região do Centro, sofrerá uma interrupção temporária no trânsito, por conta da execução de serviço de sondagem.

A Frei Serafim, no cruzamento com a avenida Miguel Rosa, estará liberada parcialmente ao fluxo de veículos, sendo apenas uma das faixas interditada neste trecho.

Segundo a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), a orientação é que os motoristas busquem rotas alternativas durante à tarde deste sábado, sugerimos no sentido Oeste/Leste a rua São Pedro e a avenida Marechal Castelo Branco, já para os condutores que precisam seguir na avenida Miguel Rosa, no sentido Norte/Sul, sugerimos que entre a direita na rua da Capela do Exército e em seguida acesse a rua 19 de Novembro.

 

Deixe uma resposta