Seduc/Piripiri e Apae alinham ações voltadas para alunos especiais

No município, 174 alunos que estudam na rede municipal recebem atendimento especializado na Apae.
Secretária Tânia Monteiro durante reunião com a Apae (Foto: Divulgação)

A Secretaria de Educação (Seduc) de Piripiri e a Apae do município realizaram, na quarta-feira (3), uma reunião para alinhamento de ações voltadas para alunos especiais atendidos nas escolas da prefeitura. O encontro aconteceu na sede da Seduc, no Centro Administrativo, zona Leste da cidade.

A secretária municipal de Educação, Tânia Marilda Monteiro, disse que a reunião fortalece o compromisso da gestão municipal com a Educação Inclusiva. “O encontro foi para planejar metas que venham fortalecer a Educação Inclusiva dos alunos da rede municipal e começar a preparar um grande seminário sobre políticas públicas voltadas para as nossas crianças com deficiência”, pontua a gestora.

Tânia Marilda Monteiro lembra que, desde 2015, o repasse que era feito pelo município estava congelado. “Quando a prefeita Jôve [Oliveira Monteiro] teve ciência dessa defasagem, foi feito o reajuste em 85,9%”, destaca a secretária.

“A Prefeitura Municipal repassa mensalmente para a Apae, mais de 14 mil reais, além de profissionais da Educação e também o transporte escolar para levar nossas crianças para os atendimentos”, observa a secretária Tânia Marilda Monteiro.

A presidente da Apae de Piripiri, Maristela Ribeiro, disse que a gestão municipal tem dado essa prioridade para os temas que a entidade apresenta. “Estamos alinhando alguns pontos que a gente precisa fortalecer tanto no atendimento da Apae, como no atendimento da Secretaria Municipal de Educação”, observa a presidente.

“Nós estamos tratando dos alunos que são oriundos da Secretaria Municipal de Educação e que no contraturno fazem o atendimento especializado na Apae”, lembra Maristela Ribeiro, acrescentando que “são relações de parceria que a gente desenvolve para melhor atender nossos alunos”.

Participaram da reunião, assessores da Seduc e profissionais da Apae que fazem atendimento de crianças especiais.

Em Piripiri, 174 alunos que estudam na rede municipal recebem atendimento especializado na Apae no contraturno.

 

Deixe uma resposta