Strans interdita cruzamento da Frei Serafim com a Miguel Rosa

A interdição acontece neste sábado. Medida é para realização de estudo no local, primeiro passo para o rebaixamento da avenida.
Cruzamento da Frei Serafim com Miguel Rosa será interditado (Foto: Ascom/Semplan)

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) informou hoje (5) que a Avenida Miguel Rosa, no cruzamento com a Frei Serafim, será interditada neste sábado (6). A interdição será das 14h às 19h.

A interdição é para a execução de serviço de sondagem na área, como parte dos estudos para o projeto de rebaixamento da Miguel Rosa naquela região. A avenida será fechada para a circulação de veículos no trecho entre as ruas São Pedro e Coelho Rodrigues.

Em quatro pontos, as equipes farão a sondagem do solo e continuarão os trabalhos de topografia, além do levantamento topográfico realizado com drones, que possibilita o mapeamento de grandes áreas em curto espaço de tempo.

Esse trabalho é acompanhado pela Secretaria Municipal de Planejamento (Semplan) e será uma execução da Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas (Saad) Centro. É um projeto em desenvolvimento para posterior licitação.

A gerente de Operações e Fiscalização de Trânsito da Strans, Carla Sales, orienta que os motoristas que necessitam trafegar neste trecho que será interditado somente neste sábado das 14h às 19h, que evitem esta rota.

A avenida Frei Serafim, no cruzamento com a avenida Miguel Rosa, estará liberada parcialmente ao fluxo de veículos, sendo apenas uma das faixas interditada neste trecho.

“Os agentes de Trânsito da Strans estarão nas proximidades do trecho para auxiliar os motoristas e garantir a fluidez no trânsito em uma via de grande fluxo de veículos e pedestres, pedimos a compreensão da população neste momento”, ressalta a gerente.

Por onde trafegar

“Orientamos aos motoristas que busquem rotas alternativas durante à tarde deste sábado, sugerimos no sentido Oeste/Leste a rua São Pedro e a avenida Marechal Castelo Branco, já para os condutores que precisam seguir na avenida Miguel Rosa, no sentido Norte/Sul, sugerimos que entre a direita na rua da Capela do Exército e em seguida acesse a rua Dezenove de Novembro”, disse a Strans, em nota.

Para que o trabalho de sondagem e análise do solo seja completo, a Prefeitura conta também com o apoio da Águas de Teresina no acompanhamento das tubulações de água e esgoto da área e de empresas de fibra óptica com rede na região. Além disso, contará com a atuação das equipes da Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano (ETURB), para recuperação asfáltica dos trechos, logo após o término dos trabalhos.

Rebaixamento da Miguel Rosa

O projeto de rebaixamento da avenida Miguel Rosa é uma obra necessária para desafogar o trânsito da região e melhorar as questões de mobilidade. Entre outros benefícios, o projeto contará com uma integração com o patrimônio histórico; otimização da segurança no trânsito; atratividade para pedestres e ciclistas, bem como melhorias de acessibilidade na área.

 

Deixe uma resposta