Todos indicadores da covid melhoram em Teresina

O número de casos confirmados caiu em 46%, de acordo com o boletim.

Uma semana após retornar ao nível de baixa da transmissão da covid-19 (faixa verde, de acordo com a parametrização do Centers for Disease Control and Prevention), todos os indicadores da pandemia melhoraram na capital. O painel situacional da covid-19 em Teresina referente à 30ª semana epidemiológica de 2022 (24 a 30 de julho) mostra que o número de casos confirmados caiu 46% em relação à semana anterior. Os atendimentos por síndrome gripal seguiram a mesma direção, com queda registrada de 12%.

“A taxa de transmissão permaneceu abaixo da unidade (R0 < 1,0) pela segunda semana consecutiva, situando-se exatamente em 0,6. Isso significa que cada 100 pessoas com covid-19 transmitem a doença para sessenta pessoas (100 vezes 0,6), que por sua vez transmitirão para outras 36 (60 vezes 0,6) pessoas, e assim sucessivamente – sinalizando a tendência de serem registrados cada vez menos casos”, explica Marcelo Adriano, médico membro do Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COE) de Teresina.

As internações hospitalares por síndrome respiratória aguda grave diminuíram 53%. Após uma semana em estabilidade, o número de óbitos começou a cair (queda de 20%). As semanas seguintes serão acompanhadas com atenção redobrada, dada a possibilidade de repique de casos em decorrência de retorno de viajantes em período de férias e da retomada do período escolar. Além disso, o fluxo de pacientes com quadros mais graves procedentes de cidades do interior para a rede hospitalar da capital será monitorado.

 

Deixe uma resposta