Covid-19: Piauí tem só 15% de vacinados com 4ª dose

A primeira dose de reforço foi aplicada em 55,33% da população, o que representa 1.810.664 pessoas.

A Secretaria Estadual da Saúde (Sesapi) informou hoje (21) que até agora somente 517.427 pessoas tomaram a segunda dose de reforço, o que representa 15,81% da população elegível no Piauí. A primeira dose de reforço foi aplicada em 55,33% da população, representando 1.810.664 pessoas. Os dados são do vacinômetro.

O município de Sebastião Leal é o primeiro lugar em imunização com a primeira dose (R1) de reforço, tendo vacinado 100% da população elegível. Mas na segunda dose de reforço (R2), a cidade ficou em quinto lugar com 32,46% da população imunizada. Na segunda dose de reforço (R2), apenas a cidade de Francinópolis atingiu 51,23% da população imunizada.

Pelo menos 11 cidades do Piauí não conseguiram vacinar 40% da população com a primeira dose de reforço (R1). São elas, Porto (39,73%), Redenção do Gurguéia (39,62%), Paes Landim (39,36%), Ribeiro Gonçalves (38,70%), Bertolínia (38,67%), Novo Oriente do Piauí (38,32%), Juazeiro do Piauí (37,24%), Santa Filomena (34,83%), São Gonçalo do Gurguéia (33,87%), Fronteiras ( 33,44%) e Curral Novo do Piauí( 24,71%).

O vacinômetro atesta que 36 cidades do estado vacinaram menos de 7% da população com a segunda dose de reforço (R2). São elas, Santa Filomena, Floresta do Piauí, Francisco Ayres, Conceicão do Canindé, Campinas do Piauí, Guaribas, São Francisco do Piauí, Demerval Lobão, Paulistana, São Luis do Piauí, Boa Hora, Várzea Branca e Pedro II.

Além de Madeiro, Nazária, Flores do Piauí, Acauã, Inhuma, Wall Ferraz, Palmeirais, Francisco Macedo, Padre Marcos, Riacho Frio, Bocaina, Eliseu Martins, Assuncão do Piauí, Várzea Grande, Bela Vista do Piauí, Boqueirão do Piauí, Buriti dos Lopes, Curral Novo do Piauí, Alvorada do Gurguéia, São João da Varjota, São José do Divino, Campo Largo do Piauí, Sebastião Barros e Juazeiro do Piauí.

As cidades de Sebastião Barros e Juazeiro do Piauí têm os piores índices de vacinação de segunda dose de reforço (R2), com apenas 0,92% e 0,47% da população elegível imunizada. Em Sebastião Barros, são 3.469 moradores aptos a serem imunizados com a segunda dose de reforço e apenas 32 compareceram aos postos de saúde. Em Juazeiro do Piauí, são 5.478 e apenas 26 se vacinaram com a segunda dose de reforço.

Segundo o secretário estadual da Saúde, Neris Júnior, a aplicação da segunda dose de reforço está muito lenta o que causa preocupação. “É extremamente importante que o piauiense compareça aos postos para tomar o seu reforço contra a covid-19. Só assim, vamos nos proteger das consequências do vírus, que tem sofrido muitas mutações e está driblando as defesas do nosso organismo levando pessoas mais fragilizadas aos hospitais e até a óbito. Não é isso que queremos”, afirma.

 

Deixe uma resposta