Piauí tem sete mortes por covid-19 e 638 novos casos em 24 horas

O estado acumula 7.783 vidas perdidas para a pandemia. No país são mais de 672,4 mil óbitos.
No Piauí, 87% da população já tomou as duas doses da vacina (Foto: Dhyelzo Lemos/Divulgação)

Sete pessoas morreram por covid-19 no Piauí nas últimas 24 horas e 638 receberam o diagnóstico positivo para a doença, de acordo com o boletim divulgado hoje (5) pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesapi).

Com essa estatística, o estado chega a 374.780 casos confirmados da infecção causada pelo novo coronavírus e 7.783 piauienses perderam a vida para a pandemia, que começou em março de 2020.

“Os óbitos são de dois homens de Teresina (72 e 73 anos) e cinco mulheres de Campo Maior (64 anos), Oeiras (88 anos) e Teresina (77, 83 e 97 anos)”, informou a Sesapi. Ao todo, a capital registrou cinco mortes de ontem para hoje.

Segundo a pasta, 133 pacientes estão internados para tratamento da covid-19, sendo que 24 ocupam leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Vacinação

De acordo com o vacinômetro, 93,95% da população piauiense já tomou a primeira dose da vacina contra a covid-19.

Confira mais dados da campanha de imunização no estado:

87,53% da população completou o esquema vacinal (pessoas com a dose única da Janssen ou duas doses dos demais imunizantes);

53,04% da população recebeu a terceira dose (a primeira do reforço) e 11,76% estão vacinados com a quarta;

85,16% das crianças de 5 a 11 anos tomaram a primeira dose da vacina e 64,04%, a segunda.

Covid-19 no Brasil

O Brasil registrou, em 24 horas, 74,5 mil novos casos de covid-19 e 396 mortes pela doença, informa o levantamento diário feito pelo Ministério da Saúde.

Desde o início da pandemia, o país acumula 32,6 milhões de casos confirmados da doença e 672,4 mil mortes registradas. Os casos de pacientes recuperados somam 31 milhões (95,2% dos casos).

O estado de São Paulo tem o maior número de casos acumulados (5,7 milhões) e de mortes (171,2 mil). Em seguida estão Minas Gerais (3,6 milhões de casos e 62,2 mil óbitos); Paraná (2,6 milhões de casos e 43,8 mil óbitos) e Rio Grande do Sul (2,5 milhões de casos e 40,1 mil óbitos).

Da Redação e Agência Brasil

 

Deixe uma resposta