4ª Edição do Bloquinho Bolim & Bolão será hoje

O evento vai acontecer no estacionamento da Ponte Estaiada, na zona Leste de Teresina. Festa está marcada para às 16h.

Mês de julho é sinônimo de férias escolares e muitas atividades devem acontecer na cidade para a criançada. Neste final de semana haverá uma programação especial para este público, no estacionamento do Complexo Cultural da Ponte Estaiada, com a realização da 4ª edição do projeto Bloquinho do Bolim & Bolão. O evento, que já faz parte do calendário cultural da capital, acontece neste domingo (3), a partir das 16h.

Além da dupla de palhaços Bolim & Bolão com suas brincadeiras e músicas a bordo de um trio elétrico, este ano as crianças também contarão com a animação da turma do Animakids, dos tios Fran Filho e Dada, além de diversos personagens animados dos filmes infantis.

4ª edição do Bloquinho do Bolim & Bolção (Foto: Reprodução)

O evento que seguirá todas as recomendações sanitárias devido à pandemia é totalmente gratuito e aberto ao público, porém o abadá que será vendido no local é opcional, e os participantes terão a livre opção de adquirir pelo valor simbólico de R$ 25.

Segundo Clóvis Monturil, um dos produtores do bloquinho, a expectativa é de que o evento seja mais uma vez um verdadeiro sucesso, pois segundo ele, o bloquinho é tido como o carnaval fora de época das crianças teresinenses.

Clóvis conta ainda que o evento contará com uma praça de alimentação completa com tudo que alegra as crianças, tudo organizado para melhor receber os brincantes.

“A expectativa para esse evento é a melhor possível, pois é uma oportunidade para que as crianças possam se divertir ao ar-livre, em um ambiente totalmente seguro. Será uma programação repleta de diversão, isso para que mais uma vez o público infantil, que a cada dia está mais exigente”, afirma Clóvis Monturil.

A quarta edição do Bloquinho do Bolim & Bolão é uma realização dos palhaços Bolim & Bolão, e este ano conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) e da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FCMC).

 

Deixe uma resposta