Sesapi e FMS discutem como barrar aumento de casos de covid-19

A reunião aconteceu na manhã desta quinta-feira, na sede da Sesapi, em Teresina.

A Secretaria Estadual da Saúde (Sesapi) promoveu reunião nesta quinta-feira (30) com a Fundação Municipal de Saúde (FMS), de Teresina, para elaborar estratégias de contenção do crescimento dos casos da covid-19 na capital.

Durante a reunião, ficou acordado que a Sesapi e FMS estarão trabalhando em conjunto para frear o crescimento dos casos de covid-19. A secretaria estadual vai disponibilizar para a pasta municipal mais testes, conforme haja a necessidade por parte da Fundação e ambas estão em um esforço conjunto para ofertar leitos suficientes à população, caso precise.

“A Sesapi já entregou mais de 30 mil testes à Fundação e vai estar enviando mais, à medida em que eles forem precisando. Nós estamos planejando estratégias para evitar o aumento da doença e também de disponibilização de leitos, caso seja necessário. Nosso trabalho sempre foi de forma preventiva para podermos sempre prezar pelas vidas do povo de Teresina e do Piauí como um todo”, disse o secretário da Saúde, Néris Júnior.

O Boletim Epidemiológico Covid-19 da 25ª Semana- 19 a 25 de junho- apresentou um aumento de 1.839% nos casos positivos de Covid-19. Além disso, a taxa de positividade dos testes de RT-PCR, realizados pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Piauí (Lacen-PI), está na 5ª semana consecutiva de aumento, nos últimos sete dias ela subiu de 5.93% para 13.03%. Outro dado que também teve um acréscimo foi a taxa de transmissibilidade do vírus, que saltou de 1.05 para 1.43.

“Este é o momento de planejar e prevenir para assim evitarmos a disseminação da doença. Sabemos que os casos estão aumentando e hoje podemos estar debatendo com a FMS esse processo de testagem e retaguarda de leitos, caso seja necessário”, disse o diretor do Instituto de Doenças Tropicais Natan Portella, hospital de referência do estado para casos de covid-19 e membro do Comitê de Operações Emergenciais do Piauí, José Noronha.

Para conter os casos da doença a Sesapi também pede a colaboração da população, que continue mantendo as medidas, determinadas no último decreto -como o uso de máscaras em locais fechados e de grande aglomeração- e procure os postos de vacinação para tomar suas doses dos imunizantes contra a covid-19.

 

Deixe uma resposta