Covid: Piauí confirma 476 casos nas últimas 24 horas

Estado acumula 373.088 casos da doença e 7.764 pessoas perderam a vida para a pandemia, segundo a Secretaria da Saúde.

O Piauí registrou hoje (30) mais 476 casos de covid-19. Não houve morte nas últimas 24 horas, segundo o boletim divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesapi).

De acordo com a pasta, o estado acumula 373.088 casos da doença e 7.764 pessoas perderam a vida em dois anos e três meses de pandemia.

No momento, 113 pacientes estão hospitalizados para tratamento da infecção causada pelo novo coronavírus. Há 22 doentes internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Vacinação

Confira os números da vacinação da covid-19 no Piauí, com base no vacinômetro:

93,83% da população já tomou a primeira dose da vacina;

87,87% já receberam duas doses da CoronaVac, AstraZeneca ou Pfizer ou a dosagem única da Pfizer. Com isso, completaram o esquema vacinal.

52,72% estão vacinados com a terceira dose (a primeiro do reforço);

85,10% das crianças de 5 a 11 anos tomaram a primeira dose e 11,32%, a segunda.

Covid-19 no Brasil

As secretarias estaduais e municipais de Saúde registraram 75.139 novos casos de covid-19 na últimas 24 horas em todo o país e confirmaram 291 mortes por complicações associadas à doença no mesmo período.

Os dados estão na atualização do Ministério da Saúde divulgada nesta quinta-feira (30). Segundo a pasta, Mato Grosso do Sul não enviou o número de óbitos ocorridos nesse período no estado.

Com as novas informações, o total de pessoas infectadas pelo novo coronavírus durante a pandemia já soma 32.358.018.

Com os números de hoje, o total de óbitos alcançou 671.416, desde o início da pandemia.

Segundo o balanço do Ministério da Saúde, São Paulo permanece como o estado em que ocorreram mais mortes por covid-19 desde o início da pandemia: 170.907. Em seguida, aparecem Rio de Janeiro, com 74.134 óbitos; Minas Gerais, com 62.149; Paraná, com 43.774; e Rio Grande do Sul, com 40.027.

Já os estados com menos óbitos resultantes da pandemia são Acre, com 2.004; Amapá, 2.140; Roraima, com 2.153; Tocantins, com 4.164; e Sergipe, com 6.358.

Da Redação e Agência Brasil

 

Deixe uma resposta