Vagas de estacionamento no Centro de Teresina serão triplicadas

O prefeito Doutor Pessoa vistoriou a obra de revitalização na região central da cidade na manhã desta segunda-feira.
Mais vagas de estacionamento no Centro de Teresina (Foto: Rômulo Piauilino/Semcom)

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, vistoriou, na manhã desta segunda-feira (20), a obra de revitalização do Centro da cidade, no trecho que vai da rua Rui Barbosa até a avenida Maranhão. Além de uma nova calçada ampla, acessível e retilínea, a área também será contemplada um espaço exclusivo para o estacionamento de veículos.

Segundo o gestor municipal, a medida atende uma demanda dos comerciantes da região. “Queremos o embelezamento e agora iremos triplicar as vagas de estacionamento, um antigo desejo do comércio. Teremos uma pista para pedestres e um local amplo para que as pessoas venham ao Centro de carro para fazerem suas compras”, destacou Dr. Pessoa.

Dr. Pessoa vistoria obra de revitalização das ruas do Centro de Teresina (Foto: Rômulo Piauilino/Semcom)

A previsão da Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Centro, responsável pela execução da obra, é que as melhorias estruturais no local fiquem prontas até o próximo mês de agosto. Outro ponto do projeto, que compreende as vias da rua Coelho Rodrigues até a praça do Fripisa, deve ser concluído em oito meses.

“Serão as primeiras ruas totalmente acessíveis e com calçadas largas da nossa cidade. A pedido do nosso prefeito, readequamos o projeto e criamos mais de 100 vagas de estacionamentos no Centro. O antigo projeto não previa fluxo de carro e nem estacionamento, e agora vai ter”, explicou o superintendente Roncalli Filho.

As obras de acessibilidade e revitalização do Centro trarão mais conforto para as chamadas ruas completas para a cidade. São espaços desenhados para dar segurança e conforto, distribuindo o espaço de maneira mais democrática, beneficiando a todos, tanto pedestres quanto veículos.

No total, estão sendo investidos mais de R$ 12 milhões em recursos oriundos do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF).

 

Deixe uma resposta