Neris Júnior participa da 3° Conferência de Saúde Mental do Piauí

O evento conta com a participação de representantes de todos os territórios de saúde do estado. Conferência será encerrada amanhã.
A 3° Conferência de Saúde Mental do Piauí vai até amanhã (Foto: Divukgação)

Com o objetivo de fortalecer as políticas públicas em saúde mental no Piauí, a Secretaria Estadual da Saúde ( Sesapi), através da Gerência de Saúde Mental, realiza nesta sexta-feira (17) e sábado (18), a 3° Conferência de Saúde Mental do Piauí. O evento conta com a participação de representantes de todos os territórios de saúde do estado.

O secretário da Saúde, Neris Júnior, esteve na abertura da conferência e destacou o trabalho que a Sesapi vem realizando para aumentar a capacidade de atendimento a estes usuários, que são um dos pilares da sua gestão e da governadora Regina Sousa.

“Buscar avanços nas nossas políticas públicas em saúde mental é um dos focos na gestão da nossa governadora e a Sesapi vem realizando diversas ações visando aprimorar os serviços destinados a nossa população, em todos os níveis de atenção”, disse Neris Júnior.

Intitulada “A Política de Saúde Mental como Direito: Pela defesa do cuidado em liberdade, rumo a avanços e garantia dos serviços da atenção psicossocial no SUS”, a conferência tem como eixos estruturantes de discussão o cuidado em liberdade como garantia de direito à civdadania; a gestão, financiamento, formação e participação social na garantia de serviços de saúde mental; a política de saúde mental e os princípios do SUS: Universalidade, Integralidade e Equidade; e os impactos na saúde mental da população e os desafios para o cuidado psicossocial durante e pós-pandemia.

“A conferência tem como temática central o fortalecimento e a garantia de políticas públicas, o SUS e o cuidado de saúde mental em liberdade e o respeito aos direitos. Nosso intuito é trazer propostas para o fortalecimento da rede de atenção psicossocial nos municípios, no estado e no país”, destaca a gerente de Saúde Mental da Sesapi, Virgínia Pinheiro.

O evento estadual também é uma preparação para a Conferência Nacional de Saúde Mental, que vai acontecer em novembro, em Brasília. O Piauí vai está enviando 36 delegados, que serão escolhidos por representantes de todos os territórios de saúde do Piauí.

“Das discussões realizadas nesses dois dias vamos está elaborando as propostas a serem debatidas por nossos delegados, na conferência nacional. Buscando assim avanços para a saúde mental que queremos para o nosso país”, lembra Virgínia Pinheiro.

 

Deixe uma resposta