Participação da soja nas exportações do Piauí cresce 7% em 2021

Em 2020 a soja representou 70% do volume de exportações do Piauí. Já em 2021 esse volume chegou aos 77%.

A importância da soja na balança comercial do Piauí cresceu em 2021. Segundo os números da Secretária de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia. No ano passado o grão foi responsável por 77% do que foi exportado pelo Piauí, em 2020 foi 70%. O maior parceiro comercial se manteve sendo a China. O valor exportado de soja saiu dos 400 milhões de dólares (dezembro a janeiro de 2020) para 600 milhões de janeiro a dezembro de 2021.

Em 2021, os oito primeiros meses do ano países como China, Espanha e Holanda foram os principais que importaram a soja brasileira, já no mês de setembro, China, Espanha e Tailândia exportaram mais o item, ao total, foram importados cerca de 1 bilhão de peso líquido em um único mês.

“A participação do Piauí no cenário produtivo local e nacional tem alcançado destaques significativos a cada ano que passa. Recentemente o Ministério da Agricultura trouxe uma lista com os cem principais municípios representativos para o PIB do Agronegócio brasileiro e entre eles dois municípios do Piauí. Isso reflete a importância que o Piauí vem ganhando em nível nacional. Ainda que continuemos a enfrentar sérios problemas de logística e infraestrutura para escoar nossa produção”, afirma o presidente da Associação Piauiense de Soja (Aprosoja Piauí), Alzir Neto.

O Piauí será palco da abertura nacional da colheita da soja no dia 17 de fevereiro. A data já foi confirmada pelo Ministério da Agricultura e pela Aprosoja Brasil. A abertura será realizada na cidade de Sebastião Leal. A previsão, segundo Alzir Neto, é de que este ano a casa das 6,5 milhões de toneladas de grãos seja ultrapassada.

 

Deixe uma resposta