Continuidade dos exercícios é fundamental

O corpo humano não sabe identificar se estamos no fim de ano, não diferencia um feriado de um dia normal.

Festas de fim de ano chegando e é muito comum as pessoas se afastarem dos seus exercícios. São viagens e confraternizações que acabam atrapalhando as rotinas de exercícios de muita gente.

Um dos Princípios do Treinamento mais importante é o da CONTINUIDADE. Muitas vezes não precisando contratar personal training, tomar suplementos mirabolantes ou se exercitar próximo dos limites fisiológicos; bastando não faltar aos treinos.

O mais importante é manter-se o mais fiel possível ao treinamento estabelecido. Sem desculpas. As faltas devem ser pontuais e necessárias somente para os momentos da imprevisibilidade da rotina. Ou seja, deixou de treinar por uma impossibilidade real. E não por uma desculpa esfarrapada. Não deixe o frio, o calor, a chuva, os filhos, a família, o estudo, o trabalho, o cansaço, o sono, o horário… entre outros fatores, acabar servindo de desculpa para faltar à academia. (Veja mais aqui)

Para aumentar a fidelização aos exercícios, é importante que o praticante tenha alguma afinidade com a modalidade escolhida.

A nossa fisiologia não sabe identificar se estamos no fim de ano, não diferencia um feriado de um dia normal ou se a academia estará aberta ou não.

Simplesmente nosso corpo sente e responde a estímulos, no caso os exercícios. Ou seja, se treina você melhora, se não treina piora. É a velha lei do uso e desuso.

Logicamente, nesse período, por conta dos eventos sociais, ocorrerá mudanças na rotina de exercícios, mas não devem ser interrompidos. Pois em apenas 15 dias de afastamento já é suficiente para fazer um belo estrago no condicionamento físico.

 


DEMÓSTENES RIBEIRO é professor de Educação Física formado pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), com pós-graduação em Gerontologia (UFPI), pós-graduação em Treinamento Desportivo e Fisiologia pela Faculdade Gama Filho (RJ), pós-graduação em Aspectos da Medicina Esportiva pela Unopar (PR). Com mais de 30 anos de experiência, Demóstenes é um dos profissionais com mais experiência na área.

 

Deixe uma resposta