Festas de fim de ano: como se proteger da covid-19

“A vacina hoje é o método mais eficaz de prevenção”, diz o infectologista Maurício Mendes.

Depois de um 2021 de tantos desafios, as festas de fim de ano têm gerado grande expectativa para encontros com a família e amigos. Porém, essas celebrações devem ser realizadas com cautela para evitar o surgimento de novos casos de covid-19 e, acima de tudo, preservar vidas.

O médico infectologista Maurício Mendes, cooperado da Unimed Teresina, explica quais medidas devem ser adotadas durante as comemorações. “A vacina hoje é o método mais eficaz de prevenção. Quem tiver idade vacinal deve estar com as doses atualizadas para participar de eventos”, recomenda.

Segundo o vacinômetro do Governo do Piauí, quase 65% da população já tomou as duas doses da vacina, 77,3% tomou uma dose e 6,5% a dose de reforço. “Apesar de termos avançado bastante, muitos ainda não estão com essa imunização. É importante que todos tenham em mente que ainda estamos em período pandêmico, e que os demais cuidados devem ser mantidos para reduzir os riscos de contaminação”, ressalta o infectologista.

Confira todas as recomendações do especialista:

– Esquema vacinal atualizado;

– Prefira eventos em ambientes abertos e ventilados;

–  Procure eventos com número limitado de pessoas;

– Mantenha o distanciamento seguro de 1,5 metro;

– Higienize as mãos constantemente;

– Use máscaras;

– Não compareça a eventos em caso de sintomas gripais.

 

Deixe uma resposta