PMT dá anistia e isenção de taxas a 20 mil mutuários da Caixa

Previsão da tramitação do projeto de lei na Câmara Municipal de Teresina é de aproximadamente 15 dias, segundo a SEMF.

A Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Finanças (SEMF), elaborou projeto de Lei que foi enviado à Câmara Municipal, na semana passada, e autoriza a remissão dos créditos tributários de taxas municipais a imóveis pertencentes ao patrimônio do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), inseridos em programas habitacionais de moradia da população de baixa renda, em Teresina.

Os imóveis em questão já são isentos de IPTU e ITBI, através de entendimento do STF, que versa sobre imunidade tributária, porém, são impedidos de obterem certidão negativa no município visto que não há isenção de débitos de taxas, consequentemente, o que impedem a transferência da titularidade do imóvel para o mutuário.

Os débitos se referem à Taxa de Serviços de Coleta, Transporte e Disposição Final de Resíduos Sólidos Domiciliares (TCRD) e da Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública (COSIP), nos últimos anos, bem como a isenção nos próximos dois anos, prazo no qual os mutuários devem transferir a titularidade do imóvel para si.

Com a aprovação desta lei, a prefeitura de Teresina poderá conceder a certidão negativa para 19.294 imóveis considerados de baixa renda que foram construídos com recursos do FAR, pela Caixa Econômica Federal na Capital. A previsão da tramitação do projeto na Câmara Municipal Teresina é de aproximadamente 15 dias.

Segue a lista dos empreendimentos que serão beneficiados com a nova lei:

 

Deixe uma resposta