São Luís registra taxa de ocupação hoteleira de 60% no feriado

A informação é da Secretaria de Turismo da capital maranhense. Os hotéis da orla são os mais procurados pelos visitantes.
Orla de São Luís (Foto: Divulgação)

A Secretaria de Turismo (Setur) da Prefeitura de São Luís apresentou mais uma pesquisa sobre os dados do setor hoteleiro da cidade. A taxa de ocupação atingiu média superior a 63% nos estabelecimentos da orla no período de 13 a 15 de novembro. A média geral da cidade ficou em 60%, considerando dados de hotéis registrados no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur).

Os hotéis com maior taxa de ocupação estão localizados nos bairros Parque Atlântico, Calhau e Quintas do Calhau. “Esses números são importantes para destacar que São Luís está recebendo um fluxo turístico bom na retomada do setor. A Prefeitura está trabalhando para atrair cada vez mais pessoas, movimentando os setores ligados de forma direta ou indireta ao turismo”, disse Saulo Santos, secretário municipal de Turismo.

Como aproveitar o feriado

A capital maranhense possui segmentos que atendem aos mais diversos públicos. Quem gosta de praias, por exemplo, pode aproveitar as praias de São Marcos, Calhau, Caolho e Olho d’Água, entre outras.

Aos interessados em história, o Centro da cidade possui mais de 3.500 edificações que compõem o conjunto histórico arquitetônico e guardam muitos segredos para desvendar em passeios guiados.

A cidade também possui muitas opções no que tange à gastronomia. Uma boa dica é aproveitar para conhecer o Museu da Gastronomia Maranhense, localizado na Rua da Estrela, nº 82 – Centro, e seguir as dicas dos guias de turismo que fazem o tour guiado no local. Ao lado do museu, está localizada a Central de Atendimento ao Turista, onde quaisquer dúvidas sobre roteiros podem ser respondidas.

O equipamento também observou o aumento do fluxo, sendo muito procurado pelos turistas. O museu estava fechado durante o período de pandemia em 2020, mas o crescimento em relação a outubro de 2019 é de 41%.

 

Deixe uma resposta