Covid-19: FMS abre novo agendamento para adolescentes

Menores de 12 anos receberam hoje a primeira dose da Pfizer. A prefeitura abriu novos agendamentos para adolescentes e adultos.
Guilherme Santos, 12 anos, recebe a primeira dose da Pfizer (Foto: Divulgação)

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina abriu hoje (4) novo agendamento para vacinar adolescentes de 12 a 17 anos contra a covid-19. No primeiro horário, 16h, a FMS abriu o cadastro para aqueles de 12 anos. A partir das 18h, o cadastro será para pessoas da faixa de 13 anos; a partir das 20h, serão atendidos os adolescentes de 14 a 17 anos.

O agendamento deve ser feito no site Vacina Já.

Nesta sexta-feira (5), a prefeitura fará o agendamento de segundas doses para a vacina Pfizer, para quem tem data no cartão até 12 de dezembro e intervalo mínimo de 8 semanas entre a primeira e segunda dose. Às 20h, a inscrição será para primeiras doses para pessoas de 18 anos ou mais.

“Para quem precisa de segunda dose para CoronaVac ou AstraZeneca vamos realizar drive-thru, em breve divulgaremos os dias e locais”, disse Emanulle Dias, coordenadora da Campanha de Vacinação Covid-19 em Teresina.

O presidente da FMS, médico Gilberto Albuquerque, explica que a vacinação prossegue contemplando os prazos conforme a estratégia do Ministério da Saúde. “Todo o planejamento de aplicação de doses da vacina contra a Covid é cumprido conforme o Plano Nacional de Imunização e estamos conseguindo contemplar todos os públicos”, diz.

12 anos

Os adolescentes de 12 anos receberam hoje a primeira dose da vacina contra a covid-19. Guilherme dos Santos foi vacinado. “Eu queria me vacinar e já esperava que chegasse a minha vez”, disse.

A mãe do garoto Milena Araújo, comenta que todos da família já estavam vacinados. “Hoje chegou a vez da primeira dose do meu filho e estou satisfeita em acompanhar ele nesse momento da vacina. Proibi ele de fazer muitas coisas para proteger contra a doença. Agora vou aguardar a segunda dose para ter mais tranquilidade”, afirmou.

O adolescente Adriano Ursulino de Lucena Segundo, 12 anos, esteve em um dos postos de vacinação acompanhado da mãe Kedma Campos. O garoto que ainda não retornou às aulas presenciais diz estar cansado da rotina dentro de casa.

A mãe do menino ressalta a importância de vacinar os adolescentes. “A vacina já foi aplicada nos adultos e jovens e agora chega a vez dos adolescentes. É a chance dele continuar a viver, a fazer as atividades, mas mantendo os cuidados”, ressaltou.

 

Deixe uma resposta