Galeria da zona Leste vai custar R$ 54,5 milhões

Galeria vai percorrer os bairros Noivos, Jóquei, São Cristóvão e Morada do Sol. Região sofre com alagamentos com as chuvas. 

A zona Leste de Teresina vai ganhar um conjunto de obras, que há muitos anos são reivindicadas pela população. Dentre as obras, o Sistema de Drenagem Integrada da zona Leste, conhecida como galeria, possui a maior complexidade e magnitude, e tem por objetivo minimizar os problemas de alagamento na região.

A galeria, que percorre os bairros Noivos, Jóquei, São Cristóvão e Morada do Sol, tem um prazo final de 545 dias e possui um investimento de R$ 54. 581.255,85.

De acordo com o superintendente da SAAD-Leste, James Guerra, a construção da galeria é uma obra muito esperada pelos teresinenses, pois a obstrução de escoamento das águas pluviais é um problema crônico na cidade.

“De forma célere e efetiva, estamos seguindo e nossa expectativa é de que o mais breve possível esta importante obra esteja funcionando em sua plenitude”, destacou James Guerra.

O gerente de Obras e Serviços Urbanos da Saad-Leste, Paulo Nunes, informou que a obra está, no momento, na rua Eustáquio Portela, onde acontece a macrodrenagem.

“Embora o percurso total seja extenso, o plano é que em até janeiro de 2022, a obra esteja na avenida Homero Castelo Branco. O serviço de microdrenagem também está previsto para este mesmo mês. A construção da galeria trará inúmeros benefícios a muitas pessoas”, frisou Paulo Nunes.

 

Deixe uma resposta