PMT prepara o 3º Drive-Thru da Coleta Seletiva

O evento vai acontecer no dia 6 de novembro, no Parque da Cidadania, no período da manhã.
Participantes vão recebert brindes feitos com material reciclado (Foto: Divulgação)

A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), considerando o grande sucesso das primeiras edições, prepara o 3º Drive-Thru da Coleta Seletiva, que acontecerá dia 6 de novembro, no Parque da Cidadania, no Centro da cidade, das 8h às 12h.

As equipes de Educação Ambiental receberão o material reciclado e, em troca, os participantes ganharão brindes. A população não precisará nem mesmo descer de seus veículos para fazer a entrega do material.

Dentre os brindes ofertados estão produtos feitos com material reciclado e mudas de plantas.

O Drive-Thru da Coleta Seletiva tem como objetivo estimular a população teresinense a colaborar com a coleta seletiva e com o descarte do lixo em local apropriado. Por este motivo, a Semduh convida todas as secretarias e superintendências da Prefeitura a participarem do evento.

“Com essa atitude, estamos melhorando a qualidade de vida da população, os materiais reciclados ganham novas utilidades e ajudam no sustento das cooperativas, a participação popular é beneficiada com brindes e a cidade reduz a quantidade de resíduos no Aterro Municipal”, enfatiza o coordenador de limpeza pública da Semduh, Fabrício Amaral.

A população pode levar ao drive-thru materiais de papelão, metal, vidro e plástico. É fundamental que esses resíduos estejam limpos, secos e devidamente separados.

O evento foi idealizado pela Prefeitura de Teresina para incentivar a adoção de valores sociais relacionados à coleta seletiva. Para o secretário Edmilson Ferreira, atividades como esta desenvolvem a consciência ambiental na população e estimulam a limpeza da cidade, além de evitar a poluição do meio ambiente.

“Queremos estimular na população a vontade de contribuir para a coleta seletiva. Precisamos sensibilizar as pessoas para a importância da separação e destinação correta dos resíduos. Este é um momento para repensar os hábitos de consumo e as consequências geradas ao meio em que vivemos”, destacou o secretário.

 

Deixe uma resposta