Pessoal da saúde a partir de 50 anos já pode agendar dose de reforço

O agendamento deve ser feito a partir das 18h para tomar a dose da Pfizer, independente de qual imunizante já tomou.

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina vai abrir hoje (13), a partir das 18h, o agendamento para a dose de reforço dos trabalhadores de saúde com 50 anos ou mais, que devem seguir alguns critérios, além da idade para poderem tomar a dose da Pfizer.

O fabricante do imunizante da vacina contra covid-19 a ser aplicado na dose de reforço será exclusivamente a Pfizer, independentemente do fabricante do imunizante aplicado na primeira e segunda dose.

Devem tomar a dose de reforço seis meses depois da segunda dose; agendar no site Vacina já (campo Agendamento dose de Reforço -Em azul), independentemente do setor de trabalho, categoria profissional ou vínculo público, privado ou autônomo.

“No momento da vacinação deve levar comprovante de trabalho (que está na ativa como trabalhador em Estabelecimento de Saúde), cartão de vacina com registro de doses para comprovar os 6 meses da segunda dose”, explica Emanuelle Dias, coordenadora da campanha de vacinação covid-19 na capital.

O site de agendamento vacine já não vai utilizar os cadastros dos trabalhadores utilizados previamente pelos estabelecimentos de saúde feitos no início da campanha de vacina covid-19, portanto, caso o trabalhador não tenha sido cadastrado previamente, ele conseguirá se agendar normalmente.

 

Deixe uma resposta