Piauiense com a variante Delta mora no Rio

Outro caso está sendo investigado pela Sesapi. Trata-se de um morador de Picos, ele esteve recentemente em São Paulo.

O caso do paciente com infecção pela variante de Delta, confirmado por estudos da Fiocruz, é de um piauiense que atualmente é morador do estado do Rio de Janeiro. Portando, o caso não foi notificado pelo Ministério da Saúde como sendo do Piauí.

De acordo com a coordenadora de Epidemiologia da Secretaria Estadual da Saúde (Sesapi), Amélia Costa, a amostra foi coletada no estado do Rio de Janeiro e analisada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde o homem reside.

“Ele não esteve no Piauí e não houve nenhuma amostra desse paciente enviada pelo Lacen-PI. Com isso, até o momento não há confirmação da variante Delta no estado do Piauí por meio de exame laboratorial”, explica.

A Sesapi está investigando uma suspeita de infecção pela variante Delta de um paciente, que veio a óbito, no último sábado (11), no Hospital Regional de Picos. O homem de 72 anos viajou para São Paulo no dia 12 de agosto e retornou a Picos, em um ônibus clandestino, no dia 24 do mesmo mês. A amostra será encaminhada esta semana para a Fiocruz em Recife, e levará pelo menos 45 dias para sair o resultado.

“Estamos esperando também os resultados de cem amostras, que tiveram alteração em sua carga viral e foram enviadas a mais ou menos um mês para a Fiocruz do Rio de Janeiro, onde será feito o sequenciamento genético. Porém ainda não recebemos nenhuma confirmação por parte do laboratório de Delta no Piauí”, disse Amélia Costa.

 

Deixe uma resposta