Prisão por dirigir embriagado nas rodovias aumenta 100% nas férias

Em dez dias da Operação Férias Escolares 2021, a PRF prendeu oito condutores sob o efeito de álcool no Piauí.

Nos dez primeiros dias deste mês, a Operação Férias Escolares da Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu oito pessoas que foram flagradas dirigindo sob o efeito de álcool nas rodovias federais piauienses. Comparado ao mesmo período de 2020 esse índice representa um aumento de 100%.

Com relação à realização de testes de alcoolemia realizados, esse indicador apontou um aumento de 417,4%, totalizando 119 testes. Além disso, foram 19 autos de infração representando um aumento de 111,1 %, de acordo com a PRF.

Todos esses indicadores fazem parte do monitoramento realizado pela instituição sobre fiscalização de alcoolemia no estado durante o período da Operação Férias Escolares 2021 nas rodovias federais piauienses.

Os índices refletem o aumento do fluxo de veículos nesse período, bem como a imprudência de parte dos condutores em insistir nessa prática criminosa.

O que diz a lei

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, o condutor que for flagrado dirigindo sob o efeito de álcool, será autuado em R$ 2.934,70, sete pontos na CNH e poderá ter seu direito de dirigir suspenso.

Se for configurado o crime de trânsito, o motorista será preso e encaminhado à polícia judiciária local. Se o condutor for flagrado novamente em menos de 12 meses, será autuado no valor de R$ 5.869,40 além de todas as sanções administrativas.

De acordo com a Lei Nº 13.546/17, o condutor que estiver sob o efeito de álcool e causar acidente que resulta em lesão corporal de natureza grave ou gravíssima, terá sua pena privativa de liberdade em reclusão de dois a cinco anos.

 

Deixe uma resposta