Beba água mesmo sem sede!

Os idosos merecem atenção especial. A sede é um sinal de que a pessoa está desidratada e precisa de água.

O nosso corpo é composto por cerca de 60% de água.

Durante a prática de atividade física há uma perda significativa de líquido e minerais por meio da transpiração. Portanto, manter uma boa hidratação durante a atividade física é fundamental para se obter rendimento físico sem comprometer o funcionamento adequado do organismo.

A água é responsável por exercer diversas funções como a regulação da temperatura corporal, transporte de uma série de nutrientes, eliminação de impurezas, dentre outros. Logo, a desidratação pode ocasionar sintomas indesejáveis, como tontura, fadiga, alteração na pressão arterial.

A volume de hidratação depende da intensidade do exercício. Ao longo da prática do exercício físico os músculos produzem uma grande quantidade de calor devido ao gasto de energia. Para que este calor seja dissipado, nosso organismo produz o suor (transpiração), que ao ser evaporado, resfria nosso corpo. Desta forma, é fundamental termos uma boa quantidade de água corporal. Se essa quantidade de água estiver muito abaixo do normal, o nosso organismo não terá como nos resfriar e assim a temperatura corporal pode se elevar a níveis perigosos.

Em condições normais, o corpo elimina cerca de 2,3 litros de água diariamente, seja pelo suor, urina ou fezes. Contudo, para repor a quantidade de líquido perdida é recomendado ingerir cerca de 2 a 3 litros ao longo do dia.

Os idosos merecem uma atenção especial, e devem beber água mesmo que não estejam com sede, pois a sensação de sede já é o primeiro sinal de desidratação.

 


DEMÓSTENES RIBEIRO é professor de Educação Física formado pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), com pós-graduação em Gerontologia (UFPI), pós-graduação em Treinamento Desportivo e Fisiologia pela Faculdade Gama Filho (RJ), pós-graduação em Aspectos da Medicina Esportiva pela Unopar (PR). Com mais de 33 anos de experiência, Demóstenes é um dos profissionais com mais experiência na área.


 

Deixe uma resposta