FMS abre agenda para vacinação de pessoas com 40 anos ou mais

O agendamento também vai atender grupos prioritários, como professores e caminhoneiros, entre outros grupos.

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) vai abrir, a partir das 18h de hoje (5) agendamento para vacinação contra a covid-19 de pessoas com 40 anos ou mais, além dos grupos prioritários para imunização em Teresina. O agendamento é feito no site Vacina Já. O agendamento também vai contemplar grupos prioritários (veja abaixo).

Para esta etapa, serão utilizados os quatro imunizantes disponíveis no Brasil: a nova vacina da Janssen, que requer apenas uma dose; além da Astrazeneca, Pfizer e Coronavac.

Ao entrar no site, basta clicar no botão “agendamento público alvo”, que levará a uma página onde ele deve escolher o público ao qual ele pertence, inserir seus dados pessoais e então escolher local, dia e hora da vacinação. Já os trabalhadores da saúde devem marcar sua dose pelo botão “agendamento trabalhador de saúde”.

Os documentos necessários são: documento de identificação com foto e data de nascimento; CPF ou cartão nacional do SUS; Cartão de vacinação e documentos específicos para os grupos específicos. Veja:

Pessoas com comorbidades: Laudo ou declaração que comprove a comorbidade, com assinatura e carimbo do profissional de saúde (original e cópia)

Gestantes e puérperas com comorbidades: cartão da gestante ou laudo de profissional de saúde (para gestantes); certidão ou declaração de nascimento do bebê (para puérperas); Laudo ou declaração que comprove a comorbidade, com assinatura e carimbo do profissional de saúde (original e cópia); Prescrição médica (avaliação individualizada de risco benefício)

Trabalhadores da educação: Contracheque atual ou contrato de prestação de serviço ou documento que comprove a atividade laboral, expedido pelo estabelecimento de ensino onde o trabalhador atua, no município de Teresina;

Estagiários da saúde: Declaração do serviço de saúde onde o estudante está estagiando no município de Teresina;

Estagiários da educação: Declaração da instituição de ensino de Teresina onde atua.

Caminhoneiros: Documento que comprove o exercício efetivo da função de motorista profissional do transporte rodoviário de cargas (caminhoneiro). Contracheque ou contrato de prestação de serviço ou documento que comprove a atividade laboral (últimos 3 meses), do exercício efetivo da função, expedido pelo estabelecimento onde o trabalhador atua, no município de Teresina. Os caminhoneiros autônomos devem apresentar nota de carga dos últimos 30 dias.

Indústria e construção civil (Profissionais que atuam dentro das obras, como: Engenheiro, Arquiteto, Mestre de Obra, Pedreiro, Ajudante de obra, Armador, Pintor, Gesseiro, bombeiro hidráulico, Eletricista, Encanador, Carpinteiro): Documento que comprove a situação de trabalhador empregado de empresas industriais e de construção civil, como: Contracheque ou contrato de prestação de serviço ou documento que comprove a atividade laboral (últimos 3 meses), do exercício efetivo da função, expedido pelo estabelecimento onde o trabalhador atua, no município de Teresina.

Trabalhadores de mercados públicos: Declaração emitida pela administração dos mercados públicos de Teresina, que comprove o exercício efetivo da função.

“É necessário realizar agendamento prévio para evitar aglomerações no locais de vacinação. Importante que cada grupo fique atento aos documentos que precisam levar para comprovação de que grupo a pessoa pertence no momento da vacinação”, alerta Emanuelle Dias, coordenadora da campanha de vacinação contra a Covid-19 em Teresina.

 

Deixe uma resposta