Covid: mais de 1 milhão de piauienses já recebeu 1ª dose da vacina

A segunda dose foi aplicada em 345 mil pessoas, segundo o levantamento da Sesapi.

O Piauí atingiu nesta quinta-feira (1ªº) a marca de mais de um milhão de pessoas vacinadas com a primeira dose dos imunizantes para combater a covid-19. Segundo dados do Vacinômetro da Secretaria Estadual da Saúde (Sesapi), mais 345 mil piauienses já tomaram a segunda dose do medicamento contra o coronavírus.

Já foram aplicadas pelos municípios piauienses 1.358.275 doses de vacinas.“Este é um marco muito importante no enfrentamento à pandemia, fruto do empenho da Sesapi junto com os municípios, para fazer a vacina na nossa população”, destacou o secretário Florentino Neto.

No total 1.009.125 receberam a primeira dose de um dos imunizantes disponíveis no estado. Também estão totalmente imunizados 349.118 pessoas, possibilitando que 10.54% da população piauiense esteja vacinada.

O quantitativo de segundas doses aplicadas e registradas, até à tarde desta quinta-feira, foi de 345.914 doses. O secretário lembrou a necessidade de se tomar a segunda dose, dos imunizantes que precisam desse reforço, e assim ficar protegido contra o vírus.

“Precisamos que todos que necessitam das duas doses para completar seu ciclo de imunização voltem aos postos de saúde e façam a sua vacina, só assim seu ciclo de imunização será completo”, reforçou o secretário.

Estão sendo aplicadas também no Piauí as vacinas da Janssen, que só necessita de uma dose para completar o ciclo de imunização. Até a ultima atualização do Vacinomêtro 3.204 já receberam a dose desta vacina e estão protegidas contra a covid-19.

Florentino disse que mesmo após receber as duas doses da vacina, a pessoa deve manter os cuidados para evitar a contaminação pelo vírus. “Continue usando as mascaras, lavando as mãos, mantendo o distanciamento”, afirmou o secretário.

O secretário lembrou aos municípios da importância de fazer o cadastro das doses de vacinas que são aplicadas, nos sistemas disponíveis para essas informações. O governo do Piauí vai pagar R$ 1,50 por dose registrada no Vacinômetro, o sistema da Sesapi que comprova a quantidade de vacinas aplicadas contra a covid-19.

“Esse controle nos ajuda a entender a realidade da vacinação no estado, e planejar estratégias que possam trazer mais celeridade e aperfeiçoar o processo de imunização da nossa gente”, enfatizou Florentino Neto.

 

Deixe uma resposta