Strans e PRF fortalecem parceria na fiscalização do trânsito em Teresina

A capital piauiense é cortada por trechos das rodovias federais 316 e 343, de grande fluxo de veículos.
Reunião com representantes da Strans e PRF (Foto: Divulgação)

O superintendente Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), Cláudio Pessoa, recebeu a visita do superintendente substituto da Polícia Rodoviária Federal no Piauí (PRF/PI), inspetor Wilson Cardoso, para tratar sobre a parceria entre os órgãos com o objetivo de ampliar a fiscalização integrada com a troca de informações, cooperação na área de tecnologia com câmeras e sistemas de inteligência. O encontro aconteceu na segunda-feira (14).

A intenção é estreitar a relação e trabalhar a tecnologia no combate aos crimes e às infrações de trânsito. “A PRF é uma parceira da Strans e reafirmamos nosso acordo para manter junto a esta instituição um trabalho forte na área de fiscalização e educação de trânsito, e como parceiros estamos aproveitando a estrutura que a PRF possui para também coibirmos dentro do município, tanto as infrações como os crimes que forem flagrados”, disse o superintendente Cláudio Pessoa.

O inspetor Wilson Cardoso explica que o encontro com a equipe foi para fortalecer a parceria com a Strans para promover a segurança pública na cidade de Teresina como um todo. Teresina é cortada por trechos de rodovias federais. A Avenida João XIII, por exemplo, é um ramal da BR-343, na zona Leste da cidade.

“Promover a integração de sistemas entre os órgãos para auxiliar tanto a Strans na fiscalização, como a Strans auxiliar-nos na nossa fiscalização diária, no nosso serviço, a partir de um compartilhamento de dados de veículos, de pessoas, de forma a facilitar a fiscalização da Strans ao longo do município de Teresina. O sistema já está integrado e a PRF já passou o acesso a Strans que iniciou desde o começo desse mês”, afirmou Wilson Cardoso.

A reunião contou com a presença do superintendente executivo da PRF/PI, inspetor Ricardo Basílio e o membro da equipe técnica da PRF/PI, Américo Júnior.

 

Deixe uma resposta