Sesapi pagará R$ 1,50 por dose de vacina aplicada

O incentivo será enviado referente aos registros realizados por 30 dias a partir da data de publicação da resolução.

Em reunião da Comissão Intergestora Bipartite (CIB), realizada no último dia 8 de Junho, foi apresentada pelo Governo do Estado do Piauí, através da Secretaria Estadual da Saúde, a proposta do repasse de um incentivo para os municípios no valor de R$ 1,50 por dose de vacina contra a covid-19 aplicada na população registrada pelas gestões municipais nos sistemas de informação, o SI-PNI.

A proposta, aprovada pela comissão, busca aumentar a agilidade do registro das doses já aplicadas pelos municípios, apresentando assim para a população e para os órgãos com interesse no tema informações mais atualizados possíveis sobre o andamento da imunização da população piauiense.

O incentivo deve ser disponibilizado a partir da data da publicação da resolução e será valido para os registros efetuados no prazo de 30 dias após a publicação. O secretário Florentino Neto destacou que a medida vai ser benéfica para todo o trabalho de imunização que já vem sendo realizado em todo o estado, reforçando ainda mais esse registro de informações mais confiáveis.

“Nós destacamos aqui que essa medida visa ampliar o registro fiel de informações do andamento da imunização piauiense contra a Covid-19. Um registro mais fiel da realidade permite a tomada de decisões que se adequem melhor ao momento do estado no campo da imunização, além de outros pontos como a própria informação para a população entender como seguem os nossos esforços nessa árdua batalha”, disse o secretário.

Cristiane Moura Fé, Diretora de Vigilância em Saúde, informou que será feito uma análise do período de 30 dias a partir da data de publicação da resolução da CIB, sendo encaminhado o incentivo para os 224 municípios referente aos registros feitos dentro do prazo de 30 dias.

“Faremos esse corte para analisar a quantidade de registros feitos por cada município e podermos repassar corretamente o incentivo acordado na reunião da CIB. Será um apoio para os municípios atualizarem fielmente seus dados de vacina e assim possibilitar o governo do estado traçar novas estratégias baseados em dados atualizados”, disse a diretora.

 

Deixe uma resposta