Até agora, só 112 mil piauienses estão imunizados contra covid

A pessoa só é considerada imunizada contra a covid-19 após tomar as duas doses da vacina, segundo o protocolo médico.

Segundo dados do vacinômento, da Secretaria Estadual da Saúde (Sesapi), 112.876 piauienses tomaram as duas doses da vacina contra a covid-19 e estão imunizados, com base no protocolo médico. Até agora, 363.045 pessoas receberam a primeira dose. Nesse caso, mais de 260 mil aguardam a segunda aplicação. A vacinação no estado ainda é lenta.

A diretora de Vigilância em Saúde da Sesapi, Cristiane Moura Fé, alerta a população para a importância dos grupos voltarem para a segunda dose do imunizante. “O esquema vacinal contra a covid-19 só fecha se todas as pessoas tiverem recebidos as duas doses”, afirmou.

Para realizar a dose de reforço a população deve ficar atenta à data que está no seu cartão de vacina e ao calendário de sua cidade. “No momento da aplicação da primeira dose, os técnicos já escrevem no cartão de vacina a data do retorno, para a segunda aplicação, porém algumas cidades podem antecipar seu calendário, então pedimos atenção para as datas divulgada por cada município”, lembrou Cristiane Moura Fé.

Entre os imunizantes disponíveis no Piauí, o intervalo entre as picadas deve ser de 14 a 28 dias para a Coronavac e de três meses para a da AstraZeneca. “É importante buscar a segunda dose porque a eficácia prometida foi determinada a partir de estudos que os testaram fazendo duas aplicações”, reforçou a diretora.

Quem não completa o esquema vacinal está mais sujeito à infecção, em comparação com pessoas que recebem as duas doses. Até por isso, esse indivíduo não contribui tanto para o controle da circulação do tanto para o controle da circulação do Sars-CoV-2. “A aplicação parcial pode favorecer versões mais resistentes do coronavírus, por isso devemos procurar os postos de vacinação, assim que chegar o tempo de cada grupo”, enfatizou Cristiane Moura Fé.

 

Deixe uma resposta