Covid: Piauí tem 3.817 mortes e 100% das UTIs do interior ocupadas

O balanço atualizado da Sesapi mostra que aumentou para 193.411 o número de casos oficiais de novo coronavírus.

O Piauí registrou 15 mortes nas últimas 24 horas, segundo o boletim de hoje (21) da Secretaria Estadual da Saúde (Sesapi). Agora são 3.817 óbitos. A pasta também informou que 100% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do interior estão ocupados. Na capital, a taxa de ocupação é de 93,4%.

O balanço atualizado da Sesapi mostra que aumentou para 193.411 o número de casos oficiais de infecções pelo coronavírus, que provoca a covid-19. Em 24 horas, houve um acréscimo de 625 novos diagnósticos positivos para a doença.

Seis homens e nove mulheres foram vítimas da doença entre ontem e hoje. As vítimas residiam em Teresina (2), Caraúbas do Piauí, Joaquim Pires, Picos, São Raimundo Nonato, União, Batalha, Beneditinos, Castelo do Piauí, Esperantina, Floriano, Oeiras, Piripiri e Valença do Piauí.

Teresina tem 1.401 falecimentos por conta da covid-19 e 69.236 testes positivos para o vírus.

Leitos ocupados

Atualmente, 1.167 pacientes fazem tratamento das complicações do coronavírus nos hospitais do Piauí. Destes, 735 estão no setor clínico e 391 da UTI. A maioria está internada na rede pública.

Segundo o relatório do governo, 271 vagas para terapia intensiva na capital estão ocupadas. Há 19 livres. No interior, todos os 120 leitos para doentes graves foram ocupados.

A Sesapi estima que 188.427 pessoas já se recuperaram da doença.

Campanha de vacinação

No estado, 131.760 pessoas receberam a primeira dose de vacina contra o novo coronavírus, sendo que 43.982 tomaram a segunda. A informação é do vacinômetro, ferramenta criada para acompanhar o ritmo da vacinação no país.

Os dados são atualizados a cada 15 minutos pelas secretarias municipais da saúde.

Covid no Brasil

O Brasil registrou 11.998.233 casos confirmados de covid-19 desde o início da pandemia, segundo o boletim epidemiológico divulgado neste domingo (21) pelo Ministério da Saúde. Em 24 horas, foram registrados 47.774 novos casos.

O número de mortes, segundo o boletim, foi de 284.042, com 1.290 óbitos registrados em 24 horas. Há ainda 1.254.258 casos em acompanhamento.

Normalmente, os casos são menores aos domingos e segundas-feiras em função da dificuldade de alimentação pelas secretarias estaduais de Saúde. Já às terças-feiras, eles podem subir mais em função da atualização dos registros acumulados.

O estado de São Paulo lidera em número de casos e de mortes, com 2.306.326 e 67.558, respectivamente. No número de casos, o segundo e terceiro lugares são ocupados por Minas Gerais (1.033.562) e Paraná (796.589).

Da Redação e Agência Brasil

 

Deixe uma resposta