Governo quer antecipar feriado do Dia do Piauí para quinta-feira

Em seguida, para criar um fim de semana prolongado, o governo vai decretar ponto facultativo na sexta-feira, 19 de março.

O governo do estado vai antecipar o feriado estadual do Dia do Piauí, comemorado no dia 19 de outubro, para a próxima quinta-feira (18). Hoje (15), o Palácio de Karnak enviou para a Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) mensagem com o projeto de lei para que o parlamento autorize a antecipação do feriado.

A previsão é de que os deputados aprovem o projeto imediatamente, já que a mensagem foi encaminha à Alepi em caráter de urgência urgentíssima. Em seguida, o governador Wellington Dias deve baixar o decreto fazendo a transferência do feriado. Além disso, vai determinar que na sexta-feira (19), seja ponto facultativo em todo o estado.

“A medida do governo visa reduzir a circulação de pessoas para barrar a propagação do coronavírus”, explica o secretário de Governo, Osmar Júnior. Somada à outra ação do governador, que proibiu o funcionamento de atividades econômicas de quinta-feira (18) a domingo (21), espera-se que haja uma queda na transmissibilidade da covid-19.

A antecipação de feriados já havia sido adotada em 2020, na primeira onda da pandemia. Vários feriados estaduais foram antecipados para que os funcionários públicos ficassem em casa.

Agora, na segunda onda da covid-19, o sistema de saúde do Piauí está à beira do colapso, com várias unidades de saúde públicas e privadas sem vagas em leitos para atender pacientes com a doença.

Segundo a Secretaria de Estadual da Saúde (Sesapi), o nível de ocupação dos leitos clínicos para pacientes  de covid-19 está em 75%, o dos leitos de UTI em 91%.

A média móvel de casos no Piauí está em 905 por dia, uma alta de 55% em relação a 15 dias atrás. A média móvel de óbitos está em 23 diariamente, alta de 54% em relação a 15 dias. Até o momento, mais de 3,6 mil piauienses perderam a vida para o coronavírus, e mais de 186 mil pessoas no Piauí já foram infectadas com a doença.

 

Deixe uma resposta