Covid-19: com 32 mortes em um dia, Piauí bate o recorde do ano

Pelo 2º dia seguido, o Brasil registrou mais de duas mil mortes por covid-19, segundo balanço do Ministério da Saúde.

O Piauí vive um momento dramático da pandemia da covid-19. O estado registrou 32 mortes nesta quinta-feira (11), segundo a atualização da Secretaria Estadual da Saúde (Sesapi). É o maior número desde o dia 3 de julho de 2020, quando foram confirmados 36 óbitos em decorrência do novo coronavírus.

Com isso, o estado chega a 3.577 vidas perdidas para a covid-19 desde o início da pandemia, em março do ano passado.

O total de casos é de 184.059, com o acréscimo de 1.409 infectados nas últimas 24 horas – esse número é o recorde em 2021.

Cidade mais afetada pela doença provocada pelo coronavírus, Teresina teve 12 mortes entre ontem e hoje. Agora a capital soma 1.422 perdas. Em seguida vem Parnaíba, com 198 vítimas. Até o agora, a infecção já matou em 214 dos 224 municípios piauienses.

Taxa de ocupação

O aumento na quantidade de pessoas contaminadas pelo vírus pressiona a rede de saúde, que está perto de um colapso. Hoje, segundo o levantamento da Sesapi, há 981 pacientes internados no estado. Destes, 350 estão na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

De acordo com o boletim, 90,1% dos leitos de UTI no interior do Piauí estão ocupados. A maioria é da rede pública. Na capital, a taxa de ocupação chega a 89,6%.

Taxa de ocupação de leitos no Piauí (Arte: Sesapi)

Segundo os dados do governo, 179.501 pessoas já se recuperaram da doença. Como a grande maioria não precisou de atendimento hospitalar, a Sesapi aponta somente 10.511 altas médicas.

Vacinação

Com base no vacinômetro, 101.537 piauienses receberam até o momento a primeira dose da vacina (CoronaVac ou Oxford) contra a covid-19. Destes, 31.040 completaram o ciclo, com a segunda aplicação.

A ferramenta foi criada para acompanhar o ritmo da vacinação no país. No Piauí, os dados são repassados pelas secretarias municipais de saúde.

Brasil: 2.233 mortes no dia

Pelo 2º dia seguido, o Brasil registrou mais de duas mil mortes por covid-19. Segundo balanço do Ministério da Saúde, entre ontem e hoje foram confirmados mais 2.233 óbitos por complicações da doença. O resultado não superou o recorde de ontem (10), de 2.286.

O número de pessoas que desde o início da pandemia morreram por complicações do novo coronavírus chegou a 272.889.

O número de pessoas infectadas desde o início da pandemia totalizou hoje 11.277.717. Entre ontem e hoje, foram registrados 75.412 novos casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

A informação está no balanço diário do Ministério da Saúde, divulgado na noite de hoje (11).

O número de pessoas recuperadas chegou a 9.958.566. Já a quantidade de pessoas com casos ativos, em acompanhamento por equipes de saúde, ficou em 1.046.262.

O ranking de estados com mais mortes pela covid-19 é liderado por São Paulo (63.010), Rio de Janeiro (34.083), Minas Gerais (20.087), Rio Grande do Sul (14.363) e Paraná (13.159). Já as Unidades da Federação com menos óbitos são Acre (1.094), Amapá (1.169), Roraima (1.216), Tocantins (1.623) e Sergipe (3.072).

Da Redação e Agência Brasil

 

Deixe uma resposta