Piauí registra 835 casos de Covid-19 em um dia, com 7 mortes

Total de óbitos no Brasil chegou a 204.690. Há 2.672 mortes em investigação por equipes de saúde, informou o Ministério.

A Secretaria Estadual da Saúde (Sesapi) confirmou nesta terça-feira (12) o registro de 835 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Este foi o maior número diário de ocorrências de novo coronavírus nos 12 primeiros dias de 2021.

Entre ontem e hoje, a Sesapi registrou sete óbitos por Covid-19. Com os dados recentes, subiu para 148.867 o total de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus, com 2.922 vidas perdidas.

Nas últimas 24 horas, foram registradas mortes em Teresina (2), São Pedro do Piauí, Baixa Grande do Ribeiro, Bocaina, Dom Expedito Lopes e Rio Grande do Piauí, de acordo com a pasta.

Até o momento, 1.714 homens e 1.208 mulheres morreram por Covid em 202 dos 224 municípios piauienses. Teresina é a cidade com maior número de mortes: são 1.247 perdas desde o início da pandemia, em março de 2020.

O número de leitos ocupados com pacientes acometidos pela infecção subiu para 408. Ontem, eram 377 pacientes em tratamento hospitalar. Hoje, segundo a Sesapi, há 138 vagas de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupadas.

A Sesapi estima que 145.537 pessoas já estão recuperadas da doença. A grande maioria dos doentes fez o tratamento em casa, mas com acompanhamento médico.

Covid-19 no Brasil

O Brasil registrou 1.110 mortes e 64.025 casos de infecção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas. Foi o 2º maior número diário de novos casos confirmados no ano. O recorde aconteceu no dia 7 de janeiro, quando foram registrados 87.843 novos diagnósticos positivos.

Os dados estão na atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada na noite desta terça-feira (12). O balanço é produzido a partir dos levantamentos realizados pelas secretarias estaduais de Saúde, que monitoram casos, mortes, recuperados e pessoas em acompanhamento.

Com os pouco mais de 60 mil novos diagnósticos, o número de pessoas infectadas desde o início da pandemia chegou a 8.195.637. Conforme o balanço do ministério, 717.240 pessoas estão com casos ativos, em acompanhamento por profissionais de saúde, e 7.273.707 pacientes se recuperaram da doença.

O total de óbitos chegou a 204.690. Há 2.672 mortes em investigação por equipes de saúde.

Na lista de estados com mais mortes o topo é ocupado por São Paulo (48.662), Rio de Janeiro (26.976), Minas Gerais (12.750), Ceará (10.162) e Pernambuco (9.889). As unidades da Federação com menos óbitos são Roraima (795), Acre (827), Amapá (981), Tocantins (1.278) e Rondônia (1.950).

Da Redação e Agência Brasil

 

Deixe uma resposta