Rede municipal de Teresina não tem previsão para reiniciar aulas

Enquanto não há uma decisão, os alunos assistem aulas pelo sistema remoto. Objetivo é evitar contágio com o novo coronavírus.
EDNALDO CÍCERO FREITAS
jornalista
redacao@edcicero.com.br

O prefeito Firmino Filho disse na manhã desta quinta-feira (24), em entrevista online, que não tem previsão de retorno das aulas presenciais na rede municipal de Teresina, que inclui educação infantil e ensino fundamental.

Ele garantiu que a volta de pelo menos 92 mil crianças e adolescentes para as escolas só acontecerá com segurança para alunos e professores, em tempos de pandemia do novo coronavírus.

Segundo Firmino Filho, “ainda é cedo para tomar uma decisão”.

Nesta semana, o Governo do Estado publicou decreto autorizando o retorno das aulas para o terceiro ano do ensino médio, nos cursinhos preparatórios e aulas práticas no ensino superior.

O decreto do Governo prevê a retomada das atividades presenciais na educação infantil, ensino fundamental e 1º e 2º ano do ensino médio apenas em 2021, mas a palavra final cabe às prefeituras.

As escolas piauienses fecharam em março, início da pandemia. Desde então, as aulas estão sendo transmitidas pela internet e televisão.

O problema atinge a educação em todos os estados brasileiros. Em alguns deles, a liberação das atividades ocorre de forma lenta e gradual.

 

Deixe uma resposta