Governo quer alfabetizar mais de 200 mil piauienses

Governador Wellington Dias se reuniu com a equipe da Secretaria da Educação para tratar das ações do programa no estado.
Reunião do governador Wellington Dias com auxiliares no Palácio de Karnak (Foto: Divulgação)

O Piauí pretende alfabetizar mais de 200 mil pessoas maiores de 15 anos nos próximos dois anos. O governador Wellington Dias e o secretário estadual da Educação, Ellen Gera, se reuniram no Palácio de Karnak para tratar da criação do Programa Pró-Educação, que ficará responsável por essa tarefa.

De acordo com Ellen Gera, os superintendentes de educação vão trabalhar na organização da rede de ensino para executar o projeto. “Estamos focados em oferecer uma educação de qualidade, condizente com as necessidades de cada município piauiense”, comentou Ellen Gera.

O gestor explicou que haverá uma adaptação da rede de educação de acordo com as necessidades de cada município, com melhoria do ensino regular e profissionalizante. A rede de ensino de jovens e adultos será prioridade.

“Temos um desafio de nos próximos dois anos alfabetizar mais de 200 mil piauienses maiores de 15 anos que ainda não são alfabetizados”, prevê o secretário.

O governador disse que além da trabalhar na alfabetização, a Secretaria da Educação (Seduc) também vai ministrar cursos de média e curta duração, para beneficiar aquelas pessoas que tiveram que abandonar os estudos.

O objetivo, segundo Wellington Dias, é “garantir uma profissão dentro daquilo que tem mais oportunidade, seja com um emprego seja com o empreendedorismo”.

 

Deixe uma resposta