Eleições: COE diz como deve ser a campanha na pandemia

De acordo com o colegiado, as convenções partidárias devem ser realizadas no ambiente virtual. 

O Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COE) da Fundação Municipal de Saúde divulgou documento com recomendações sobre medidas de segurança para o período eleitoral. Uma dasorientações é que as convenções partidárias ocorram de forma virtual.

“Nossa orientação é para evitar aglomerações e um possível aumento de casos de Covid e de óbitos”, ressaltou o médico Walfrido Salmito, um dos integrantes do COE.

No caso dos encontros presenciais, a recomendação é que devem ser realizados seguindo todas as recomendações universais de precaução contra o novo coronavírus.

É indispensável, segundo o COE, uso de máscara, higienização das mãos com água e sabão e/ou álcool em gel 70%, evitar aglomerações e o compartilhamento de objetos pessoais e o distanciamento social de, no mínimo, dois metros entre as pessoas.

Ainda de acordo com o colegiado, os eventos devem ser realizados em ambientes arejados, com janelas e portas abertas, com a utilização de sistema de refrigeração de ar apenas quando for absolutamente indispensável. Os organizadores devem ainda fazer, constantemente, a limpeza e desinfecção rigorosa de ambientes e superfícies.

No documento, o COE informa que segue reavaliando periodicamente os indicadores epidemiológicos para orientar a população de Teresina, assim como as instituições públicas e privadas para que o período eleitoral possa transcorrer da forma mais segura possível.

Com informações da Semcom

 

Deixe uma resposta