Piauí registra 140 novos casos de Covid e 10 mortes em 24 horas

O estado tem 77.405 casos confirmados da doença, com 1.825 mortes, segundo a Secretaria da Saúde.

A Secretaria Estadual da Saúde (Sesapi) registrou 140 novos casos de Covid-19 e 10 óbitos no Piauí nas últimas 24 horas. Agora o estado tem 77.405 casos confirmados da doença, com 1.825 mortes.

Os dados foram divulgados neste domingo (30). A presença do novo coronavírus já foi detectada em 223 dos 224 municípios piauienses, com vidas perdidas para a Covid em 158 deles.

As mortes mais recentes foram registradas em Teresina (3 vítimas), Floriano (2), Redenção do Gurguéia, São Miguel do Tapuio, Canto do Buriti, Parnaíba e Pio IX – com um caso cada.

De acordo com a Sesapi, as cidades com mais mortes provocadas pela doença são Teresina (908), Parnaíba (129), Picos (51), Barras (50) e Campo Maior (41).

Estes mesmos municípios também registram o maior número de casos oficiais: Teresina (25.115), Parnaíba (6.234), Picos (2.787), Barras (2.386) e Campo Maior (2.067).

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, segundo o governo, 616 estão ocupados, sendo 381 leitos clínicos, 230 UTIs e cinco na ala de estabilização. As altas acumuladas somam 3.419 liberações até este domingo.

Brasil: 120,8 mil mortes

O Ministério da Saúde divulgou hoje (30) novos números da pandemia do novo coronavírus (covid-19) no país. De acordo com levantamento diário feito pela pasta, o Brasil tem 3.862.311 casos confirmados da doença e 120.828 mortes registradas. Os casos recuperados somam 3.031.559. 

Nas últimas 24 horas, o ministério registrou 16.158 novos casos e 566 mortes.

O estado de São Paulo tem o maior número de casos acumulados desde o início da pandemia, 803.404, e 29.978 mortes.  Em seguida estão os estados da Bahia (256.062 casos e 5.344 óbitos), Rio de Janeiro (223.302 casos e 16.027 óbitos) e Minas Gerais (215.050 casos e 5.326 mortes)

De acordo com o Ministério da Saúde, 2.772 casos estão em investigação.

Da Redação e Agência Brasil

 

Deixe uma resposta