Eleições 2020: protocolo indica campanha sem comício e abraços

Por causa da pandemia do novo coronavírus, votação para prefeito e vereador foi transferida de outubro para novembro deste ano.

O protocolo com medidas higiênico-sanitárias para a campanha eleitoral de 2020 no Piauí traz várias orientações aos candidatos a prefeito e vereador. A principal delas é evitar aglomerações, em especial comícios e carreatas.

O objetivo é combater a disseminação do novo coronavírus. Por causa da pandemia, a votação para prefeito e vereador foi transferida de outubro para novembro deste ano.

O documento também diz como deve ser o comportamento dos eleitores e mesários no dia da votação. Membros do Tribunal Regional Eleitoral e da Secretaria Estadual da Saúde participaram da elaboração do plano.

Orientações aos candidatos:

Contribuir para minimizar os riscos à saúde pública durante todos os trâmites do processo eleitoral, durante a campanha eleitoral e no dia da votação;

Evitar o uso e o compartilhamento de informes publicitários impressos de fácil manuseio, como cartilhas, jornais, folders, santinhos, etc.;

Investir em marketing digital (Campanhas através de aplicativos, redes sociais, etc.) em detrimento a uso de impressos e informes publicitários;

Evitar eventos que ocasionem grandes aglomerações de pessoas, como comício, caminhadas, carreatas, reuniões com grande número de pessoas;

Dar preferência às campanhas eleitorais através do Rádio e TV;

Recomenda-se que se evitem contato físico entre as pessoas (beijo, abraço, aperto de mão, etc.) durante a Campanha Eleitoral e toda a realização do pleito eleitoral;

Realizar reuniões presenciais somente com obediência da regra de ocupação da área de 4 m² por pessoas, fazendo uso correto da máscara e da higienização das mãos por todos os participantes;

Reduzir o fluxo e permanência de pessoas dentro do comitê ou locais de reunião para uma ocupação de 2 metros por pessoa.

Orientações para o dia da votação:

Evitar aglomerações nos locais de votação;

Manter o distanciamento mínimo de 2 metros entre as pessoas;

Utilizar máscara desde a saída de casa, durante a votação, até o retorno à sua residência;

Fazer adequado uso do meio de transporte utilizado para o deslocamento;

Evitar manusear e compartilhar santinhos e informes publicitários;

Levar sua própria caneta ao votar;

Fazer uso do lenço disponível para o momento da votação na urna eletrônica;

Cumprir todas as medidas higienicossanitárias determinadas aos eleitores durante as eleições municipais de 2020;

Denunciar irregularidades e infrações sanitárias aos órgãos competentes.

Confira o decreto completo.

 

Share

Deixe uma resposta