Piauí passa de 70 mil casos de Covid-19, diz Sesapi

O estado tem 1.672 mortes em decorrência do novo coronavírus desde o início da pandemia, de acordo com o boletim.
O Piauí registra mais de 60 mil pessoas contaminadas pela Covid-19 (Foto: Divulgação)

A Secretaria Estadual da Saúde (Sesapi) confirmou nesta quinta-feira (20) 697 casos confirmados e 12 óbitos pelo novo coronavírus registradas nas últimas 24 horas no Piauí. Com isso, o estado tem o total de 70.536 infectados, com 1.672 mortes.

De acordo com o boletim diário, de ontem para hoje seis mulheres e seis homens morreram em consequência da Covid-19, a doença provocada pelo coronavírus.

As vítimas residiam em Teresina (3), Betânia do Piauí, Campo Maior, Pedro Laurentino, União, Barras, Capitão Gervásio Oliveira, Caracol, São João do Piauí e Parnaíba.

No total, 970 homens e 702 mulheres não resistiram às complicações da Covid-19 desde o início da pandemia.

As cidades com maior número de vidas perdidas para o vírus são Teresina (848), Parnaíba (125 ), Barras (45), Picos (42) e Campo Maior (39).

De acordo com a Sesapi, a doença está presente em 99,1% dos municípios piauienses, ou seja, em 222 das 224 cidades. A situação é mais grave em Teresina, que tem 23.147 casos oficiais do novo coronavírus.

Também fazem parte deste ranking Parnaíba (6.020), Picos (2.609), Barras (2.128) e Campo Maior (1.959).

Brasil: 112 mil mortes

O Brasil passou dos 3,5 milhões de casos confirmados de covid-19. O número foi divulgado na atualização diária de hoje (20) do Ministério da Saúde (MS). Nas últimas 24 horas, foram notificadas 45.323 novas pessoas infectadas. Com isso, o número total de casos acumulados atingiu 3.501.975. Ontem, o painel registrava 3.456.652 casos acumulados.

De acordo como balanço, o total de mortes chegou a 112.304. Foram 1.204 óbitos acrescidos às estatísticas entre ontem e hoje pelas secretarias de saúde estaduais. Ontem, o sistema do MS marcava 111.100 vidas perdidas para a covid-19. Ainda há 3.187 mortes em investigação.

A atualização do Ministério registrou ainda 736.264 pessoas em acompanhamento. O número de recuperados passou de 75%, e contabiliza 2.653.407 de pacientes que não apresentam mais sinais da doença e são considerados “recuperados”.

Da Redação e Agência Brasil

 

Deixe uma resposta