Confira o que abre e o que fecha em Teresina neste fim de semana

Supermercados, padarias e postos de combustíveis fecham; farmácias, distribuição de alimentos e igrejas podem abrir.

A Prefeitura de Teresina determinou a continuidade das restrições nos próximos dois finais de semana. Com isso, até mesmo alguns serviços essenciais deixam de funcionar. O objetivo é melhorar o índice de isolamento social para manter o processo de reabertura dos negócios na capital.

O prefeito Firmino Filho resolveu prolongar as medidas restritivas mais rígidas aos sábados e domingos por causa ao alto índice de contágio do novo coronavírus na capital, que registra desde março mais de 800 mortes por Covid-19, a doença provocada pelo vírus.

Não funciona no fim de semana

Supermercados, padarias e postos de combustíveis: Desde o mês de julho, a Prefeitura proíbe o funcionamento destes estabelecimentos aos sábados e domingos.

Com isso, os supermercados ampliam o expediente na quinta e sexta. Já os postos de combustíveis abrem até a meia noite na sexta-feira.

Transporte público: A circulação dos ônibus será suspensa em 100% neste sábado (15) e domingo (16), de acordo com a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans).

Comércio e shoppings: O comércio e os shoppings de Teresina, que retomaram as atividades recentemente, também estão proibidos de abrirem nos finais de semana.

O que funciona

Com o novo decreto, nos próximos dois finais de semana (15 e 16 de agosto, e 22 e 23 de agosto) estão autorizados a funcionar apenas as seguintes atividades e estabelecimentos:

Farmácias e drogarias;

Serviços de saúde;

Serviços de segurança e vigilância;

Serviços de delivery exclusivamente para alimentação pronta, água e gás de cozinha;

Órgãos e profissionais de comunicação;

Serviços e rituais religiosos;

situações comprovadas de urgências e emergências.

Nos sábados (15 e 22 de agosto), fica autorizado o funcionamento e operação das atividades da base de combustível (terminal) e das atividades de distribuição de combustíveis.

Outros serviços liberados

Ainda com relação às restrições dos finais de semana, os serviços públicos como energia elétrica, saneamento básico, funerários, segurança pública, telecomunicações e radiodifusão, além de estabelecimentos que funcionam operando fornos, em turnos ininterruptos de 24h, estão autorizados a funcionar, respeitando as determinações sanitárias para a contenção no novo coronavírus, inclusive, quanto aos atendimentos emergenciais.

O descumprimento das restrições, por qualquer estabelecimento, serviço e atividade que esteja em funcionamento ou que não esteja permitido funcionar resultará na aplicação de multas, intervenção total da atividade e cassação de alvará de localização e funcionamento.

 

Deixe uma resposta